O seu canal de notícias do Brasil e do Mundo.

      

NBB - Curiosidades da rodada 28

Fonte Liga Nacional de Basquete 09/03/2013 às 15h

 

Guilherme Giovannoni está prestes a completar 1.000 rebotes no NBB: confira todas as informações sobre as partidas da 28ª rodada

Flamengo x Paschoalotto/Bauru – Ginásio do Tijuca Tênis Clube, Rio de Janeiro (RJ) – Sábado – dia 09/03, às 16h00

O Bauru tem a quarta melhor defesa da temporada e sofre em média 76,84 pontos por jogo (JB Anthero/Divulgação)

 

 

Duelo de defesasA partida promoverá o duelo entre a segunda e a quarta melhor defesa do campeonato. O Flamengo é o segundo time que menos sofre pontos (74,73 por jogo) e o Bauru fica com o quarto lugar (76,84 por jogo).

Cestinha máximoO ala Marquinhos é o cestinha do campeonato, com 21,46 pontos de média.

E o mais eficienteDe quebra, Marquinhos é o jogador mais eficiente da temporada, com média de 23,69 de valoração por jogo.

Larga vantagemNo histórico do confronto entre as duas equipes, bem melhor para o Flamengo, que venceu 11 dos 13 já disputados no NBB.

Quartas de finalFlamengo e Bauru já se enfrentaram pelas quartas de final da temporada 2010/2011, em que os bauruenses venceram a primeira partida da série melhor de cinco, mas acabaram superados por 3 a 1.


Seis seguidas
Das 13 partidas disputadas entre as equipes, o Flamengo ganhou as últimas seis.

Primeiro turnoJogando em Bauru, o Flamengo tirou 17 pontos de diferença, levou o jogo para a prorrogação e venceu por 102 a 97.

 

Paulistano/Unimed x São José/Unimed – Ginásio Antonio Prado Jr, São Paulo (SP) – Sábado – dia 09/03, às 16h00

Dedé já vestiu a camisa do Paulistano nas duas primeiras edições do NBB (Cláudio Capucho/PMSJC)

 

 

São José na frenteAs equipes já se enfrentaram nove vezes no NBB, com cinco vitórias para os joseenses, e quatro para o esquadrão da capital paulista.

Ex-PaulistanosQuatro jogadores do São José já defenderam as cores do Paulistano em suas carreiras. Dedé jogou no clube paulista nas duas primeiras temporadas do NBB. Erick Camilo esteve no alvi-rubro na última edição. Luiz Felipe já passou pelo time da capital de São Paulo na terceira temporada da maior competição do basquete brasileiro.

GarçomPara variar, Fúlvio é o líder em assistências na temporada, com média de 8,09 passes perfeitos por jogo.

Rebote certoO Paulistano é o time que mais pega rebotes no campeonato. O time do técnico Gustavo de Conti apanha em média 34,84 rebotes por partida.

Primeiro turnoO Paulistano venceu, jogando fora de casa, por 76 a 68.

 

Cia. do Terno/Romaço/Joinville x Uniceub/BRB/Brasília – Ginásio Centreventos Cau Hansen, Joinville (SC) – Sábado – dia 09/03, às 18h00

Guilherme Giovannoni precisa de três rebotes para completar 1.000 no NBB (Ricardo Cassiano/Divulgação)

 

 

O milésimoGuilherme Giovannoni precisa de apenas três rebotes para completar 1.000 em sua carreira no NBB.

Superioridade candangaJoinville e Brasília se enfrentaram nove vezes no NBB. Foram seis vitórias para o time da capital federal, e três para os catarinenses.

As seis últimasO Brasília venceu as últimas seis partidas disputadas entre as equipes no NBB.

RespirouNa rodada passada, o Joinville venceu o Basquete Cearense e quebrou uma incômoda série de oito jogos sem vencer.

XerifeMathias, do Joinville é o líder de tocos na temporada. O pivô do esquadrão catarinense tem média de 1,42 bloqueios por jogo.

Primeiro turnoCom destaque para o trio Alex, Nezinho, e Giovannoni, que juntos fizeram 58 pontos, o Brasília venceu o Joinville, jogando em casa, por 94 a 83.

 

Suzano/Cesumar/Campestre x Unitri/Universo – Ginásio Prof. Hugo Ramos, Mogi das Cruzes (SP) – Sábado – dia 09/03, às 16h00

O maior jogoPalmeiras e Uberlândia protagonizaram o jogo mais longo da história do NBB, na última quinta-feira. Após espetaculares quatro prorrogações, os mineiros foram derrotados pelos donos da casa.

ProezaNa última rodada, o Suzano surpreendeu a todos ao vencer o Franca, time que foi o responsável por desbancar até então líder invicto Flamengo, fora de casa.

Maus momentosO Uberlândia não passa por uma boa fase na temporada. O time do Triângulo Mineiro perdeu três dos últimos quatro jogos que a equipe disputou no NBB.

Primeiro turnoO Uberlândia levou a melhor sobre o Suzano, em casa, com tranquilidade, por 109 a 73, com atuação de gala do norte-americano Robert Day, autor de 32 pontos.

 

Tijuca/Rio de Janeiro x Liga Sorocabana – Ginásio do Tijuca Tênis Clube, Rio de Janeiro (RJ) – Sábado – dia 09/03, às 18h00

Neto é o jogador que mais rouba bolas por jogo (2,04 por jogo) (João Pires/LNB)

 

 

DefensorO armador Neto, da Liga Sorocabana, é o jogador que mais rouba bolas na temporada. O camisa 9 da equipe do interior paulista possui média de 2,04 carteiras batidas por confronto.

Vantagem sorocabanaOs dois times já se enfrentaram três vezes no NBB, com duas vitórias da Liga Sorocabana e uma do Tijuca.

Sempre dos mandantesNo histórico do confronto, nunca um visitante levou a melhor. Os dois triunfos dos sorocabanos foram jogando em casa, e os dos cariocas, também foi diante de seus torcedores.

Farinha do mesmo sacoTijuca e Liga Sorocabana conseguiram o acesso ao NBB através da Supercopa Brasil, em que os dois primeiros colocados da competição ganhariam o direito de entrar na maior competição do basquete nacional.

Primeiro turnoA Liga Sorocabana levou a melhor, jogando diante de sua torcida, por 72 a 67.

 

Palmeiras x Vivo/Franca – Ginásio Palestra Itália, São Paulo (SP) – Sábado – dia 09/03, às 18h00

Caleb Brown jogou 55 minutos na última partida contra o Uberlândia e anotou 28 pontos (João Pires/LNB)

 

 

IncansávelO último confronto do Palmeiras entrou para a história do NBB. A equipe alviverde precisou de quatro prorrogações para vencer o Uberlândia, em casa. Histórico também, foi a atuação de Caleb Brown, que ficou em quadra por incríveis 55 minutos, o recorde absoluto da maior competição do basquete brasileiro.

Melhor marca palmeirenseNa última partida, o Palmeiras atingiu sua maior pontuaç

150É o número de jogos que o ala/pivô Tiagão completará nesta partida contra o Franca.

Defesa sempreApesar da derrota para o Suzano na última rodada, o Franca ainda tem a melhor defesa da temporada. A equipe do técnico Lula Ferreira sofre em média 72,46 pontos por partida, além de ter a melhor média de tocos da temporada: 3,35 por jogo.

Primeiro turnoFranca ganhou, diante de sua torcida, por 82 a 61.

 

Pinheiros/SKY x Mogi das Cruzes/Helbor – Ginásio Henrique Villaboim, São Paulo (SP) – Sábado – dia 09/03, às 18h00

Bábby é o reboteiro do campeonato, com média de 9,09 rebotes por jogo (Brito Júnior/Divulgação)

 

 

ReboteiroBábby, pivô do Mogi das Cruzes, é o dono da melhor média de rebotes da competição, (9,09 por jogo).

Primeiro turnoMesmo fora de casa, o Pinheiros passou tranquilamente pelo Mogi das Cruzes por 95 a 76, com grande atuação de Márcio Dornelles, autor de 25 pontos.

Reencontro
A partida marcará o retorno do ala/pivô Thomas Gehrke, do Mogi, ao Pinheiros. O jogador vestiu a camisa pinheirense na segunda e terceira edição da maior competição do basquete nacional.

Desfalque
Com uma lesão na mão esquerda, o armador mogiano Gustavinho está fora de combate e não poderá duelar contra sua ex-equipe.

 

Winner/Kabum/Limeira x SKY/Basquete Cearense – Ginásio “Vô” Lucato, Limeira (SP) – Sábado – dia 09/03, às 18h00

Primeiro turnoNa última rodada antes do Natal, o Basquete Cearense foi surpreendido pelo Limeira, em casa, por 84 a 65.

Duelos dos gatilhosA partida marcará o primeiro duelo entre Matheus Dalla e Matheus, finalistas do Torneio de 3 pontos do Jogo das Estrelas 2013. Depois de dois empates, Dalla se sagrou campeão da competição.

Para voltar a vencerO Basquete Cearense não sabe o que é vencer há três partidas no NBB. Os comandados do técnico Alberto Bial foram superados pelos líderes Flamengo e Brasília, em casa, e na última rodada, perderam para o Joinville, fora de casa.

 

Liga Nacional de Basquete
Fonte Liga Nacional de Basquete 09/03/2013 ás 15h

Compartilhe

NBB - Curiosidades da rodada 28