NBB - Clima de decisão

Fonte Liga Nacional de Basquete 23/04/2013 às 14h

NBB  - Clima de decisão

A noite desta terça-feira terá um clima de decisão nas oitavas de final do NBB 2012/2013. Depois de vencer dois jogos seguidos em seus domínios e assumir a liderança da série, o Basquete Cearense irá até a cidade de São Paulo para medir forças com o Paulistano/Unimed, às 19 horas (de Brasília), no Ginásio Antonio Prado Junior, na quarta partida do confronto disputado em melhor de cinco partidas.

Até o momento, todas as partidas foram vencidas pelos mandantes. Na abertura do duelo que vale vaga nas quartas de final, o clube da capital paulista não teve dificuldades para vencer os nordestinos, por 95 a 74. Em compensação, o esquadrão de Fortaleza deu o troco e venceu os jogos dois e três da série, realizados no Ginásio Paulo Sarate, na capital cearense, pelos placares de 79 a 66 e 87 a 71.

“No primeiro jogo da série, tivemos um aproveitamento de 61% nos arremessos de quadra e fizemos nosso melhor jogo no campeonato. Nas duas partidas no Ceará, eles também tiveram exibições de alto nível. Isso não quer dizer que as defesas foram ruins, mas sim que os ataques estavam inspirados. Espero que esse fator confiança pelo fato de atuar em casa nos ajude nesta terça-feira para nos mantermos vivos na série”, explicou Gustavo De Conti, treinador do Paulistano.

Mesmo após os dois resultados negativos consecutivos, o clima na equipe paulista é de confiança. A vitória na primeira partida do confronto foi a primeira do clube na história das Finais do NBB e agora, o Paulistano espera conquistar a inédita classificação para as quartas de final.

“A gente está muito confiante. No primeiro jogo da série fomos muito bem jogando em casa, assim como eles nos dois jogos seguintes lá em Fortaleza. Fizemos algumas alterações táticas, de acordo com o que ocorreu nos últimos dois jogos, e esperamos que faça efeito para a partida desta terça-feira. Temos que pensar jogo a jogo, já que se não vencermos a quarta partida não acontecerá um quinto jogo”, completou o técnico paulista.

Porém, para seguir vivo na série, o time da cidade de São Paulo não pode pensar em perder e terá pela frente um adversário determinado a encerrar o confronto nesta terça-feira. Apesar de ter uma certa “gordura para queimar”, já que mesmo em caso de derrota o Basquete Cearense teria a oportunidade de fechar a série no quinto jogo, a ser disputado em seus domínios, o pensamento dos comandados de Alberto Bial é apenas um: vitória.

“Só falta uma vitória, mas em playoff não adianta só faltar uma. Nós temos que ganhar três. A experiência nos mostra isso, e todos os jogadores sabem das dificuldades em fechar uma série assim. A gente tem que estar com foco e concentração para podermos vencer mais uma partida”, afirmou o experiente ala Rogério, um dos destaques do segundo jogo, ao anotar 16 pontos.

Em sua primeira temporada na elite do basquete nacional, o time do Nordeste do país foi o único entre os estreantes a garantir vaga na fase de playoffs. Agora, assim como o Paulistano, o objetivo é conseguir uma vaga entre os oito melhores do campeonato e seguir vivo na disputa da quinta temporada do NBB.

“Nós vamos para São Paulo sabendo das dificuldades que enfrentaremos contra o Paulistano. Não ganhamos nada ainda, falta um jogo. Será difícil e temos que estar focados para tentar conseguir a vitória”, comentou o pivô Drudi, principal cestinha da equipe cearense na série de oitavas de final, com média de 18,3 pontos por jogo.

Confira os resultados e os jogos da série:
(8º) SKY/Basquete Cearense 2 x 1 Paulistano/Unimed (9º)16/04 – Paulistano/Unimed 95 x 74 SKY/Basquete Cearense
19/04 – SKY/Basquete Cearense 79 x 66 Paulistano/Unimed
20/04 – SKY/Basquete Cearense 87 x 71 Paulistano/Unimed
23/04 – Ginásio Antonio Prado Junior, em São Paulo (SP), às 19 horas
26/04* – Ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza (CE), às 19 horas

*Se necessário

 

 

Liga Nacional de Basquete
Fonte Liga Nacional de Basquete 23/04/2013 ás 14h

Compartilhe

NBB - Clima de decisão