Natação - Último dia tem definição do reveza masculino

Fonte CBDA 11/05/2012 às 15h
O terceiro dia da Tentativa Olímpica de Natação, na manhã desta 6ª feira (11/5), teve as provas de 400m livre masculino e feminino e 100m peito feminino, no parque aquático Maria Lenk, sem nenhuma obtenção de índice para os Jogos de Londres. No último dia, neste sábado (12/5), acontece a principal atração do evento, com a definição das duas vagas restantes do revezamento 4x100m livre masculino, em que apenas Cesar Cielo e Nicolas Oliveira estão garantidos, inclusive na prova individual.

Outra atração será a busca da segunda vaga dos 100m borboleta, também no masculino em que apenas Kaio Márcio está garantido, e em que três atletas ficaram próximos do índice exigido (52s33) no Troféu Maria Lenk: Marcos Macedo (52s40), Gabriel Mangabeira (52s42) e Glauber Silva (52s46). O sábado ainda haverá provas de 100m livre e 100m borboleta feminino e 200m costas no feminino e masculino (programação no final).

Nesta manhã (sex, 11/5), o melhor desempenho coube a Ana Carla Carvalho, do Pinheiros, nos 100m peito. A nadadora fez 1m11s28 e o índice da prova é de 1m08s32.

- Eu gostei do tempo, pois tenho mais dificuldades de nadar de manhã e quase fiz o tempo das eliminatórias do Troféu Maria Lenk. O índice está longe, mas treinei para buscar meu melhor no momento. Se não conseguir, o mundo não vai acabar, quem sabe consiga para 2016. No masculino estamos bem na prova, com cinco atletas com índice e é ruim somente dois poderem ir, mas estamos em busca de nosso espaço – disse Ana Carla, que tem como melhor tempo na prova, 1m10s53. (nota: na verdade são quatro nadadores com índice no masculino, e pelo menos mais dois muito próximos da marca. Os dois melhores irão aos Jogos de Londres: Felipe Silva e Felipe Lima. Os outros dois foram João Gomes Junior e Henrique Barbosa, mas este último se garantiu em Londres com o melhor índice dos 200m peito.)

As outras duas nadadoras na disputa dos 100m peito, ambas também do Pinheiros, foram Tatiane Sakemi, recordista sul-americana da prova com 1m07s67 (tempo de maio de 2009), mas que fez somente 1m12s21 nesta manhã, e Carolina Mussi, 1m12s78.

Nos 400m livre, Manuella Lyrio, do Minas Tênis, nadou sozinha e ficou a mais de 10 segundos da marca estipulada: 4m18s80 para 4m08s75. Ela não garantiu que vá tentar novamente à tarde, a partir das 17 horas. No masculino, Marcos Ferrari de Oliveira, do mesmo clube de Manuella, marcou 3m53s07, à frente do paraguaio Benjamin Brusquetti, 4m04s75. À tarde, ambos cairão na piscina novamente, ao lado de Lucas Kanieski, outro do clube mineiro, que preferiu se poupar pela manhã.

- Achei que estaria melhor agora pela manhã, por estar só nesta prova, ao contrário do Maria Lenk, em que ela foi disputada no último dia após disputarmos várias provas. Não fui muito bem, quase repeti meu melhor tempo (3m52s84). A prova de 400m livre é muito cansativa, mas treinamos o ano inteiro pra isso e não dá pra desperdiçar nenhuma chance, por isso resolvi nadar nas duas oportunidades (manhã e hoje à tarde) – disse Marcos.

A Tentativa Olímpica de Natação é realizada com recurso dos Correios – Patrocinador Oficial dos Desportos Aquáticos Brasileiros – e ainda do Bradesco/Lei de Incentivo Fiscal, Lei Agnelo/Piva – Governo Federal – Ministério do Esporte, Speedo e Sadia.

PROGRAMA DE PROVAS
11/05 – SEXTA-FEIRA
Tarde – 17h
400m livre F e M / 100m peito F

12/05 – SÁBADO
Manhã – 10h
Tarde – 17h
100m livre F e M / 200m costas F e M / 100m borboleta F e M

CBDA
Fonte CBDA 11/05/2012 ás 15h

Compartilhe

Natação - Último dia tem definição do reveza masculino