Não é competência da OEA resolver conflito marítimo, diz chanceler chileno

Fonte Ansa flash 26/05/2012 às 21h
 O chanceler chileno, Alfredo Moreno, reiterou hoje que à Organização dos Estados Americanos (OEA) "falta competência" para intervir na reivindicação marítima da Bolívia.

Moreno disse estar convencido de que na próxima Assembleia Geral da OEA, que acontece em Cochabamba, entre 3 e 5 de junho, os membros da organização respaldarão a postura chilena de que se trata de um tema bilateral.

"Este é um assunto que cabe a ambos os países e a Bolívia sabe que o Chile não está disposto a alterar um tratado vigente por mais de cem anos", afirmou o chanceler, ao jornal El Mercúrio.

O ministro das Relações Exteriores ainda criticou que na Bolívia acusam o Chile de não serem bons vizinhos. "Não pode ser mal vizinho quem respeita os tratados e quem concede as mais amplas facilidades de trânsito para sua saída ao mar por nosso território, reconhecido pelos próprios usuários bolivianos, tal como estabelece o tratado", assegurou.

Diante da possibilidade da Bolívia apresentar a demanda no Tribunal Internacional, em Haya, Moreno advertiu que "tem tomado as providências do caso", mas reiterou que "o caminho correto é o diálogo e o respeito aos tratados".
Ansa flash
Fonte Ansa flash 26/05/2012 ás 21h

Compartilhe

Não é competência da OEA resolver conflito marítimo, diz chanceler chileno