Nadadoras brasileiras estão animadas para Pan-Pacific da Austrália

Fonte Brasil 2016 16/08/2014 às 11h
A Seleção Brasileira feminina de natação defenderá o Brasil no Campeonato Pan-Pacific, entre os dias 21 e 24 de agosto, na cidade australiana Gold Coast. O evento terá transmissão ao vivo para o Brasil pelo SporTV, em suas fases eliminatórias e finais.

O time feminino do Brasil é praticamente estreante na competição. Das seis atletas que desembarcaram na Austrália, apenas Ana Carla Carvalho, especialista no estilo peito, esteve presente na última edição, em Irvine, na Califórnia, Estados Unidos, em 2010.

“Em 2010 não nadei bem e desde 2012 não participo da equipe brasileira. Mas agora vim para mudar a história. Estamos sempre buscando melhorar nossos tempos em toda competição que participamos e aqui não vai ser diferente”, declarou Ana Carla, paranaense de 23 anos e a nadadora mais experiente do jovem grupo.

A principal intenção das brasileiras é melhorar seus tempos pessoais, mas sem esquecer da possibilidade da conquista de medalhas, até então limitada aos bronzes de Flavia Delaroli, em 2006, na cidade canadense de Victoria; e Fabíola Molina, quatro anos depois, em Irvine, nos 50m livre e 50m costas, respectivamente.

A velocista Graciele Herrmann — que no último Troféu Maria Lenk, em abril, quebrou a barreira dos 25 segundos, bateu o recorde brasileiro dos 50m livre de Flavia Delaroli e igualou a marca sul-americana da venezuelana Arlene Semeco, com 24s76 — planeja baixar ainda mais seu tempo.

“Quero baixar ainda mais o meu tempo nos 50 metros e melhorar meus 100 metros, prova em que ainda tem o revezamento. Vai ser uma prova dura, com duas australianas competindo em casa, e outras duas americanas, sendo uma chegando na casa dos 24 segundos há pouco tempo. Mas não posso me entregar, vou pra cima delas”, avisou a gaúcha, de 22 anos.

Outra a competir nos 50m livre será a curitibana Alessandra Marchioro, 21 anos. “Os 50m livre é a minha prova predileta. Passei por uma mudança grande após o Brasileiro Senior de Inverno, em maio, com troca de treinador, e o meu novo técnico, o Ari (Arilson Silva), fez um novo estudo e mudou o treinamento. Aqui, não vou competir nos 100m livre, mas vou participar do revezamento 4 x 100m livre e sei que posso ajudar bastante. É bem possível que consiga melhorar minha marca nos ‘cinquentinha’” – espera a nadadora.

A pernambucana Etiene Medeiros, 23 anos, também está otimista para o seu primeiro Pan-Pacific. “Estou confiante em medalhas, sim. É o meu primeiro Pan-Pacific e estou sem parâmetro, mas quero fazer o meu melhor tempo nos 100m costas, que é o das eliminatórias do último Maria Lenk (1m00s77)”, declarou a vice-campeã mundial júnior de 2008 e medalha de ouro neste ano na etapa de Barcelona do circuito Marenostrum, ambos nos 50m costas.

A caçula do grupo é a catarinense Carolina Bergamaschi, 20 anos, em sua primeira experiência com seleção absoluta. “É a minha primeira vez na equipe adulta, acompanho o que as adversárias vem fazendo, e estou focada nos tempos, sempre buscando melhorar. Sem esquecer que logo após o Pan-Pacific tem o Troféu José Finkel (de 1 a 6 de setembro em Guaratinguetá-SP), que é seletiva para o Mundial de Piscina Curta em Doha, no mês de setembro”. lembrou Carolina, deixando claro que o plano é permanecer no time principal.

Já a manauara Daynara de Paula, 21 anos, prioriza os 100m borboleta, prova em que foi semifinalista no Mundial de Barcelona, no ano passado. “Me preparei muito para esta competição e a intenção é baixar meu tempo, principalmente nos 100m borboleta, minha principal prova”, explicou Daynara, que deve nadar também os 50m e os 100m livre. “Sei que vai ser uma prova forte, com duas americanas e duas australianas com bons tempos. Uma das americanas tem apenas 19 anos e vem pra sua primeira competição internacional de peso”, prosseguiu.

O coordenador-técnico da equipe feminina, Fernando Vanzella, explicou que todo o trabalho feito este ano dentro do ciclo olímpico, como competições, treinamentos em altitude, entre outros, foi com a meta de dar resultado neste Pan-Pacific, principal competição de 2014 para a natação brasileira.

“O objetivo é que todas as meninas possam abaixar seus tempos pessoais e buscar resultados, seja uma final, ou até mesmo, uma medalha. Mas tudo isto dentro de um trabalho voltado para os Jogos Rio 2016”, ressaltou Vanzella.

Masculino

-Bruno Fratus - 50m livre
-João de Lucca - 100m e 200m livre
-Nicolas Oliveira - 50m, 100m e 200m livre
-Guilherme Guido - 100m costas
-Fábio Santi - 100m e 200m costas
-Leonardo de Deus - 200m costas, 200m borboleta e 400m livre
-João Gomes Junior - 100m peito
-Felipe França Silva - 100m e 200m peito
-Tales Cerdeira - 100m e 200m peito
-Thiago Simon - 200m peito, 200m e 400m medley
-Nicholas Santos - 50m livre e 100m borboleta
-Marcelo Chierighini - 50m e 100m livre
-Thiago Pereira - 100m costas, 100m borboleta, 200m e 400m medley

Feminino

-Alessandra Marchioro - 50m livre
-Etiene Medeiros - 50m livre, 100m costas e 100m borboleta
-Daynara de Paula - 100m borboleta e 50m e 100m livre
-Graciele Herrmann - 50m e 100m livre
-Ana Carla Carvalho - 100m e 200m peito
-Carolina Bergamaschi - 50m e 100m livre

Obs: O Brasil competirá também nos revezamentos 4 x 100m livre feminino e masculino, 4 x 100m medley feminino e masculino, e no 4 x 200m livre masculino

Programação do Pan-Pacific 2014

21 de agosto –eliminatórias – 10h (21h do dia 20/8 no Brasil) / Finais – 19h (6h no Brasil)
200m livre F e M / 100m costas F e M / 800m livre F / 200m borboleta F e M / 1500m livre M

22 de agosto – eliminatórias – 10h (21h do dia 21/8 no Brasil) / Finais – 19h (6h no Brasil)
100m peito F e M / 100m livre F e M / 400m medley F e M / 4x200m livre F e M

23 de agosto – eliminatórias – 10h (21h do dia 22/8 no Brasil) / Finais – 19h (6h no Brasil)
100m borboleta F e M / 400m livre F e M / 200m costas F e M / 4x100m livre F e M

24 de agosto – eliminatórias – 10h (21h do dia 23/8 no Brasil) / Finais – 19h (6h no Brasil)
800m livre M / 200 medley F e M / 50m livre F e M / 200m peito F e M / 1500m livre F / 4x100m medley F e M
Brasil 2016
Fonte Brasil 2016 16/08/2014 ás 11h

Compartilhe

Nadadoras brasileiras estão animadas para Pan-Pacific da Austrália