Na liderança, Scheidt prevê briga acirrada pelo título da Laser Europa Cup

Fonte Local da Comunicação 17/03/2013 às 10h

 

Velejador venceu as duas regatas deste sábado (16), na Itália, somando apenas primeiros lugares na competição, mas tem apenas um ponto de vantagem sobre o vice-líder

São Paulo - Robert Scheidt não deixou o primeiro lugar desde o início da Laser Europa Cup, no Lago de Garda, na Itália. Neste sábado (16), o velejador conquistou mais duas vitórias nas regatas do dia, em sua flotilha, somando 4 pontos perdidos. Mesmo assim, prevê uma disputa muito dura pelo títuto da competição, no domingo (17), com Emil Cedergardh. O sueco também mostra um ótimo desempenho na segunda flotilha e está a apenas um ponto de distância de Scheidt.

Devido aos mais de 100 barcos que participam da disputa, os velejadores foram divididos em duas flotilhas. Neste domingo (17), último dia de disputas, os melhores de cada grupo formarão a flotilha ouro, para brigar pelas primeiras posições.

O vento continua a soprar forte no Lago de Garda, na Itália, com intensidade entre 15 e 17 nós neste sábado. "Fizemos duas regatas e novamente fui bem consistente, vencendo as duas no meu grupo. Mas o Emil (Cedergardh, sueco) também liderou a outra flotilha, o que o deixa bem próximo de mim. Amanhã (domingo), com os melhores velejadores no mesmo grupo, o nível aumentará bastante e os erros custarão mais caro", destacou Scheidt.

Para o dia final da Laser Europa Cup, podem ser realizadas até três regatas. "Estou bem animado e confiante para brigar por mais esse título", garantiu Scheidt, que marcou o retorno à Laser, em setembro do ano passado, com a vitória no Campeonato Italiano de Classes Olímpicas, justamente no Lago de Garda, região onde mora.

Nesta temporada, o velejador também conquistou seu 12º título nacional, além da Semana Brasileira de Vela, sua última competição, em fevereiro, na Baia de Guanabara. Na ocasião, ele venceu nove das 10 regatas disputadas, chegando próxima à perfeição. O principal objetivo de Scheidt, em 2013, é o Mundial de Omã, nos Emirados Árabes, em novembro.
Títulos
Scheidt dominou a classe Laser no mundo até os Jogos Olímpicos de 2004, somando três medalhas olímpicas (ouro em Atlanta/96 e Atenas/04, prata em Sydney/00), oito títulos mundiais (95, 96, 97, 2000, 2001, 2002, 2004 e 2005) onze brasileiros (1992, 1994, 1995, 1998, 1999, 2000, 2001, 2002, 2003, 2004 e 2005) e onze paulistas nesse período.

Após os Jogos de Atenas, transferiu-se para a Star, formando parceria com Bruno Prada, com o qual alcançou o inédito tricampeonato mundial e outras duas medalhas em Olimpíadas: prata em Pequim/2008 e bronze em Londres/2012. O retorno à antiga classe foi motivado pela retirada da Star do programa olímpico. Scheidt, que recentemente foi eleito pelos atletas olímpicos para representá-los junto ao Comitê Olímpico Brasileiro (COB), tem patrocínio do Banco do Brasil, Prada, Gocil e Rolex.

Classificação da 17ª Laser Europa Laser após cinco regatas, com 1 descarte

1. Robert Scheidt (Brasil) - 4 pontos perdidos ([1]+1+1+1+1)
2. Emil Cedergardh (Suécia) - 5 pp ([2]+1+2+1+1)
3. Jesper Stalheim (Suécia) - 9 pp (1+3+[OCS]+3+2)
4. Francesco Marrai (Itália) - 10 pp ([8]+2+3+2+3)
5. Enrico Strazzera (Itália) - 11 pp (2+[9]+4+2+3)
6. Alessio Spadoni (Itália) - 11 pp (3+3+[6]+3+2)
7. Lorenzo Chiavarini (Itália) - 17 pp (5+4+2+[6]+6)
8. Giovanni Coccoluto (Itália) - 18 pp ([9]+5+5+4+4)
9. Philip Claesson (Suécia) - 20 pp (4+[8]+6+6+4)
10. Guillaume Girod (Suíça) - 21 pp (6+5+[12]+5+5)

Mais informações no site www.robertscheidt.com.br

Local da Comunicação
Fonte Local da Comunicação 17/03/2013 ás 10h

Compartilhe

Na liderança, Scheidt prevê briga acirrada pelo título da Laser Europa Cup