Museu Nacional de Arte Africana em Washington

Fonte Ascom - MinC 18/03/2013 às 10h

 

Além do acervo, ministra destaca experiência exitosa com voluntariado no Museu

A ministra da Cultura, Marta Suplicy, visitou neste sábado (16), o Museu Nacional de Arte Africana em Washington, Estados Unidos. Conversou com Francine Berkowitz, diretora do departamento de relações internacionais.

O presidente da Fundação Cultural Palmares, José Hilton Cobra, e o governador do Distrito Federal Agnelo Queiroz, acompanharam a ministra. Nos Estados Unidos, Marta estuda museus desde a concepção, conceito, arquitetura, acervo, tecnologia, sustentabilidade e atração de publico. O objetivo é uma prospecção para a construção, em Brasília, do Museu da Memória Afrodescendente.

Na visitação deste sábado, a ministra foi recebida por Annette Ramirez Arellano, voluntária que fez exposição detalhada sobre a criação do museu, escolha do acervo, significado das peças, conservação e sustentabilidade.

Annette, explicou Francine, faz parte de um corpo de voluntário com mais de 6,5 mil pessoas, número que supera os 6 mil funcionários de todos os museus do Smithsonian (Fundado em 1846, o Smithsonian é o maior complexo de museus e pesquisa do Mundo. Tem iniciativas de formação para educadores em artes e de busca pelo respeito à diversidade por meio da Cultura).

Ao término da visita, a ministra Marta comentou que “o museu tem obras belíssimas” e está bem localizado. – próximo ao museu Asiático. “Este acompanhamento da visita por voluntário foi excelente, experiência exitosa e que devemos estudar melhor”, disse.

Para Hilton Cobra, o que se destacou foi a proximidade que o museu traz ao público com a arte africana. “Contribui para pensar que temos de trabalhar no Brasil com um museu que conta fatos, mas não podemos perder o lastro com a arte”.

Agenda

Para mais informações e para conferir experiências, a visita da ministra prossegue nos Estados Unidos. Após cumprir agendas em Washington, a ministra partirá para Nova York, onde vai pesquisar entre outras instituições o Museu de Arte Moderna (MoMa), espaço que é referência em criatividade. A ministra terá reunião com o curador de arte latinoamericana do museu e da Bienal de São Paulo, Luis Henrique Pérez-Oramas, e com Jay Levenson, diretor de Programas Internacionais do museu. Também está no programa visitar o Schomburg Center, centro de pesquisa de cultura negra. “Temos um desafio de fazer um Museu que reconte a história do tráfico negreiro, a escravidão no país, mas também de a dimensão da cultura que os negros trouxeram e da riqueza que isso significa em nossa nação. É a nossa identidade”, enfatizou a ministra.

 

Ascom - MinC
Fonte Ascom - MinC 18/03/2013 ás 10h

Compartilhe

Museu Nacional de Arte Africana em Washington