Mujica diz que Brasil e Argentina têm medo da China

Fonte Ansa flash 27/05/2013 às 21h

O uruguaio disse que os países temem a China por sua produção

MONTEVIDÉU, 27 MAI (ANSA) - O presidente do Uruguai, José Mujica, destacou a importância que a China tem na América Latina, durante uma visita ao país, mas admitiu que existe um medo, especialmente da parte da Argentina e do Brasil, de uma maior integração com o país asiático na região.

De acordo com Mujica, toda a América do Sul precisa muito da China, não somente o Uruguai, inclusive os governos de Brasília e Buenos Aires, mas estes têm medo "porque a China tem mais produtividade e vende muito barato e eles temem que a cadeia de indústrias se quebre".

Para o chefe de Estado do Uruguai, "é preciso ajudar a desenvolver de forma complementar essas cadeias se queremos fazer negócios a longo prazo".

Mujica, que foi recebido por altos funcionários chineses na cidade de Tianjin, assegurou que "para crescer é preciso intercambiar o valor agregado de forma crescente".

"Não é possível, com o passar dos anos, vender somente matérias primas, é preciso colocar coisas de valor" neste tramite, concluiu.

O presidente está realizando uma visita oficial pela China como parte de um giro que também inclui Espanha e Itália em seu roteiro.

Ansa flash
Fonte Ansa flash 27/05/2013 ás 21h

Compartilhe

Mujica diz que Brasil e Argentina têm medo da China