MTur faz contagem regressiva para receber turistas na Copa das Confederações

Fonte Ascom/MTur 27/04/2013 às 10h

Pontapé inicial do megaevento será em 50 dias a contar desta sexta-feira (26). Turismo investe em infraestrutura e qualificação nas seis cidades-sede.

Brasília (DF) – A 50 dias da Copa das Confederações da FIFA 2013, o Brasil já usufrui das novas arenas em Belo Horizonte, Salvador e Fortaleza. Amanhã (27), o novo Maracanã, no Rio de Janeiro, será inaugurado; a entrega das arenas em Brasília e Recife também se aproxima. No turismo, as seis cidades-sede contarão com investimentos de R$ 198,54 milhões em ações de infraestrutura, acessibilidade e Centros de Atendimento ao Turista (CATs).

Só o Pacto pelo Desenvolvimento do Turismo, firmado com 16 governadores ano passado, garantiu R$ 92,3 milhões para obras como a reforma do Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, e complementação do Centro de Convenções, em Brasília, duplicação de rodovias e saneamento de praias. Os empenhos foram realizados em 2012.

A qualificação profissional também é uma preocupação do MTur para a Copa das Confederações. Em duas frentes, a Pasta está preparando aproximadamente 30 mil profissionais, nas seis cidades-sede. O Pronatec Copa, ramificação do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) Turismo, parceria com o Ministério da Educação, possui 18.492 alunos matriculados em 20 cursos, e tem 867 pré-matrículas solicitadas para 2013. A meta do Pronatec Copa é qualificar 240 mil profissionais em 54 cursos de ocupações de base do setor, até 2014.

Para complementar esse trabalho, o MTur também firmou convênios para qualificar os profissionais que atuam em contato direto com os visitantes, como motoristas de táxi, comerciantes informais e trabalhadores de mercado público, com secretarias municipais e estaduais de turismo. Nas seis sedes da Copa das Confederações, os convênios somam R$ 2,4 milhões e beneficiarão 10.720 profissionais.

PROCOPA As sedes da Copa das Confederações também já ganharam alguns empreendimentos hoteleiros financiados com recursos da linha ProCopa Turismo, criada pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) graças a articulações do MTur. Salvador já conta com o primeiro do Nordeste e segundo do Brasil, o Sotero Hotel, inaugurado ano passado, com 133 quartos, que conseguiu captar R$ 13,9 milhões.

Fortaleza, Recife e Rio de Janeiro também possuem empreendimentos hoteleiros sendo construídos ou ampliados graças a financiamentos públicos oferecidos especialmente para a Copa. A pousada Dunas da Taíba, em São Gonçalo do Amarante (CE), na Região Metropolitana de Fortaleza, também já foi entregue e captou R$ 199,9 mil do Banco do Nordeste do Brasil (BNB). O estado possui mais três empreendimentos em construção.

Em Recife, o Paulista Praia Hotel também foi concluído, graças à captação de R$ 2,4 milhões. O Hotel Canariu’s, em Gravatá, município turístico a 75km da capital pernambucana, está com 87% de suas instalações concluídas e captou R$ 25,8 milhões. Outras três obras estão em andamento. No Rio de Janeiro, dois empreendimentos contam com 2% de construção, os hotéis Hyatt e Hilton, na Barra da Tijuca. O primeiro deverá contar com R$ 298,5 milhões e o segundo R$ 118,5 milhões em financiamentos.


Ascom/MTur
Fonte Ascom/MTur 27/04/2013 ás 10h

Compartilhe

MTur faz contagem regressiva para receber turistas na Copa das Confederações