Monitoramento de rede atento aos mínimos detalhes

Fonte VIANEWS Comunicação Integrada 20/03/2013 às 16h

* Por Daniel Zobel, Diretor de Desenvolvimento de Software da Paessler AG

Uma rede de alto desempenho tornou-se um dos requisitos básicos para o bom funcionamento da infraestrutura de TI dentro de qualquer empresa. Para sempre manter o controle sobre o desempenho, disponibilidade e utilização da largura de banda em uma rede TI, recomenda-se o uso de um sistema que monitore e analise constantemente as operações na rede e que alerte o pessoal de TI quando ocorrem erros ou quando valores críticos são excedidos.

Embora para alguns gerentes de TI seja suficiente ficar de olho na funcionalidade básica da rede, os administradores já estão com os olhos voltados para o futuro e atentos aos detalhes, pois há muitas maneiras de monitorar aplicações e serviços hoje em dia, como por exemplo:

• Servidor de e-mail
• SharePoint e IIS
• Outras aplicações web
• Backups (cópias de segurança)
• Monitoramento da segurança
• Monitoramento dos serviços Windows
• Bancos de dados

Ferramentas profissionais que ajudam os usuários a construir um sistema de monitoramento abrangente vão muito além do simples controle da disponibilidade. Por exemplo, a visualização de dados em estatísticas de desempenho ou uma central de monitoramento podem ser geradas para todas as aplicações a serem implementadas.

Monitoramento do servidor de e-mail
A maioria das empresas utiliza um sistema de e-mail profissional para sua comunicação corporativa diária interna e externa. Qualquer falha no recebimento e envio de e-mail atinge com grande probabilidade toda a equipe da empresa e também pode interferir na comunicação com os clientes. Por isso, é imprescindível monitorar o servidor de e-mail de toda e qualquer empresa.

Um bom software consegue monitorar o servidor de e-mail, SMTP, POP3 e IMAP através de sensores especiais, os quais garantem, assim, que eles permaneçam acessíveis e prontos para enviar e receber mensagens. No caso da operação de um Windows Exchange Server, é possível utilizar sensores especiais para monitorar os numerosos parâmetros de desempenho e controlar os tempos de transmissão, número atual de usuários, etc. Indicadores especiais de fila de transporte fornecem informações detalhadas sobre mais de 30 filas diferentes. Esses valores também podem ser monitorados com sensores.

Com a ajuda de um sensor adicional, é possível efetuar um monitoramento round trip (ida e volta), que mede o tempo de transmissão necessário do envio ao recebimento de um e-mail. Para obter os resultados de medição, o software de monitoramento de rede envia um e-mail via SMTP a uma conta de e-mail externo. Essa conta, por sua vez, está configurada para permitir que e-mails sejam encaminhados imediatamente para outra conta dentro do servidor da empresa.

Após o envio do e-mail, o software de monitoramento verifica continuamente o e-mail alvo interno da empresa via IMAP ou POP3. Assim que a mensagem é recebida, o PRTG registra o tempo necessário para a viagem round trip para o banco de dados. O administrador pode, então, definir qual será o tempo máximo para o envio e recebimento de um e-mail posterior. Se esse tempo for ultrapassado, o sistema o avisa imediatamente, de modo que ele é informado sobre quando a comunicação por e-mail é retardada ou mesmo interrompida.

Monitoramento de SharePoint e IIS
Uma solução de monitoramento profissional apoia o usuário através de tipos de sensores específicos para o acompanhamento dos diferentes processos de um SharePoint ou um Internet Information Services server (servidor de serviços de informação de internet). Os usuários do SharePoint recebem os valores atuais sobre as visualizações de site, linhas ativas, assim como o uso de CPU e consultas SQL que estão sendo executados. Para o servidor IIS, podem ser consultadas informações sobre os bytes enviados e recebidos, a velocidade de GET e POST, assim como a quantidade de usuários por segundo e muitos outros valores. Com sensores, os valores podem ser monitorados e os administradores podem garantir que as aplicações usadas estejam disponíveis de forma consistente e possam funcionar corretamente. Os sensores só precisam ser adicionados ao monitoramento e eles já estão monitorando os parâmetros importantes.

Monitoramento de backups
A avaliação de notificações automáticas por e-mail é bem adequada para o monitoramento de backups. Como a maioria das soluções de backup é capaz de enviar e-mails sobre o sucesso ou o fracasso de um backup, este é um método recomendado para receber mensagens de status de forma centralizada a partir de programas de backup de vários fornecedores.

Com uma solução de monitoramento adequada, os usuários não precisam verificar cada e-mail enviado por seus sistemas de backup para uma determinada caixa de entrada, pois um sensor IMAP com funções especiais de filtro executa a análise dos e-mails automaticamente. Ele pode verificar periodicamente os e-mails recebidos com relação a palavras-chave específicas na linha de assunto e no texto dos e-mails, além de informar aos responsáveis que durante um período de tempo estipulado nenhum e-mail foi recebido.

Assim, esse sensor o alerta, por exemplo, quando um determinado e-mail não contém as palavras "backup successful" na linha do assunto ou se uma solução de backup inesperadamente não enviou um e-mail de status nas últimas 24 horas. O responsável sabe que tudo funciona bem quando o sensor não desencadeia nenhuma mensagem de alerta.

Windows Security e Monitoramento de Serviço
Além de todas essas formas de aplicações de monitoramento, também há muitos outros tipos de sensores que podem ser usados para monitorar servidores ou serviços. Por exemplo, um determinado sensor verifica, via WMI, se o computador de destino está executando um serviço do Windows, e ele poderá até tentar reiniciar um serviço automaticamente quando o computador em questão não reagir mais. O sensor do centro de segurança pode verificar o status do Windows Security Center. Ele avisa quando um software antivírus está faltando ou se as assinaturas de antivírus não estão atualizadas. Com isso, fica garantida que a solução antivírus esteja sempre ativada e atualizada.

Monitoramento de banco de dados
Servidores de banco de dados também podem ser controlados por um software de monitoramento. Ele pode, por exemplo, enviar uma consulta em intervalos regulares e verificar os resultados obtidos sobre os valores esperados (tempo de resposta, número de registros, etc.). Um bom software suporta o monitoramento de sistemas Oracle, MySQL, Microsoft SQL, assim como de inúmeros bancos de dados, que conhecem a interface ADO. Para o servidor de banco de dados Microsoft SQL, também deverá haver tipos de sensores que monitorem as conexões de usuários e seus logins/logouts.

Aplicações web em geral
No caso de empresas com fortes atividades de negócios online, os administradores com sensores HTTP deveriam monitorar a disponibilidade e o tempo de carregamento dos sites da empresa. O sensor de transação é uma grande ferramenta para verificar se uma loja online, por exemplo, funciona como planejado. Dessa forma, é possível, por exemplo, simular o processo de compra através do envio de uma série de consultas.

O monitoramento envia seu "OK" somente quando todas as ações de toda a série de consultas forem concluídas completamente e com sucesso. Caso algo não funcione, o sistema irá notificar o administrador de modo correspondente. Este pode reagir imediatamente de modo que a empresa não tenha prejuízos financeiros por conta de casos como uma loja online ficar indisponível ou muito lenta.

 
* Por Daniel Zobel, Diretor de Desenvolvimento de Software da Paessler AG

Uma rede de alto desempenho tornou-se um dos requisitos básicos para o bom funcionamento da infraestrutura de TI dentro de qualquer empresa. Para sempre manter o controle sobre o desempenho, disponibilidade e utilização da largura de banda em uma rede TI, recomenda-se o uso de um sistema que monitore e analise constantemente as operações na rede e que alerte o pessoal de TI quando ocorrem erros ou quando valores críticos são excedidos.

Embora para alguns gerentes de TI seja suficiente ficar de olho na funcionalidade básica da rede, os administradores já estão com os olhos voltados para o futuro e atentos aos detalhes, pois há muitas maneiras de monitorar aplicações e serviços hoje em dia, como por exemplo:

• Servidor de e-mail
• SharePoint e IIS
• Outras aplicações web
• Backups (cópias de segurança)
• Monitoramento da segurança
• Monitoramento dos serviços Windows
• Bancos de dados

Ferramentas profissionais que ajudam os usuários a construir um sistema de monitoramento abrangente vão muito além do simples controle da disponibilidade. Por exemplo, a visualização de dados em estatísticas de desempenho ou uma central de monitoramento podem ser geradas para todas as aplicações a serem implementadas.

Monitoramento do servidor de e-mail
A maioria das empresas utiliza um sistema de e-mail profissional para sua comunicação corporativa diária interna e externa. Qualquer falha no recebimento e envio de e-mail atinge com grande probabilidade toda a equipe da empresa e também pode interferir na comunicação com os clientes. Por isso, é imprescindível monitorar o servidor de e-mail de toda e qualquer empresa.

Um bom software consegue monitorar o servidor de e-mail, SMTP, POP3 e IMAP através de sensores especiais, os quais garantem, assim, que eles permaneçam acessíveis e prontos para enviar e receber mensagens. No caso da operação de um Windows Exchange Server, é possível utilizar sensores especiais para monitorar os numerosos parâmetros de desempenho e controlar os tempos de transmissão, número atual de usuários, etc. Indicadores especiais de fila de transporte fornecem informações detalhadas sobre mais de 30 filas diferentes. Esses valores também podem ser monitorados com sensores.

Com a ajuda de um sensor adicional, é possível efetuar um monitoramento round trip (ida e volta), que mede o tempo de transmissão necessário do envio ao recebimento de um e-mail. Para obter os resultados de medição, o software de monitoramento de rede envia um e-mail via SMTP a uma conta de e-mail externo. Essa conta, por sua vez, está configurada para permitir que e-mails sejam encaminhados imediatamente para outra conta dentro do servidor da empresa.

Após o envio do e-mail, o software de monitoramento verifica continuamente o e-mail alvo interno da empresa via IMAP ou POP3. Assim que a mensagem é recebida, o PRTG registra o tempo necessário para a viagem round trip para o banco de dados. O administrador pode, então, definir qual será o tempo máximo para o envio e recebimento de um e-mail posterior. Se esse tempo for ultrapassado, o sistema o avisa imediatamente, de modo que ele é informado sobre quando a comunicação por e-mail é retardada ou mesmo interrompida.

Monitoramento de SharePoint e IIS
Uma solução de monitoramento profissional apoia o usuário através de tipos de sensores específicos para o acompanhamento dos diferentes processos de um SharePoint ou um Internet Information Services server (servidor de serviços de informação de internet). Os usuários do SharePoint recebem os valores atuais sobre as visualizações de site, linhas ativas, assim como o uso de CPU e consultas SQL que estão sendo executados. Para o servidor IIS, podem ser consultadas informações sobre os bytes enviados e recebidos, a velocidade de GET e POST, assim como a quantidade de usuários por segundo e muitos outros valores. Com sensores, os valores podem ser monitorados e os administradores podem garantir que as aplicações usadas estejam disponíveis de forma consistente e possam funcionar corretamente. Os sensores só precisam ser adicionados ao monitoramento e eles já estão monitorando os parâmetros importantes.

Monitoramento de backups
A avaliação de notificações automáticas por e-mail é bem adequada para o monitoramento de backups. Como a maioria das soluções de backup é capaz de enviar e-mails sobre o sucesso ou o fracasso de um backup, este é um método recomendado para receber mensagens de status de forma centralizada a partir de programas de backup de vários fornecedores.

Com uma solução de monitoramento adequada, os usuários não precisam verificar cada e-mail enviado por seus sistemas de backup para uma determinada caixa de entrada, pois um sensor IMAP com funções especiais de filtro executa a análise dos e-mails automaticamente. Ele pode verificar periodicamente os e-mails recebidos com relação a palavras-chave específicas na linha de assunto e no texto dos e-mails, além de informar aos responsáveis que durante um período de tempo estipulado nenhum e-mail foi recebido.

Assim, esse sensor o alerta, por exemplo, quando um determinado e-mail não contém as palavras "backup successful" na linha do assunto ou se uma solução de backup inesperadamente não enviou um e-mail de status nas últimas 24 horas. O responsável sabe que tudo funciona bem quando o sensor não desencadeia nenhuma mensagem de alerta.

Windows Security e Monitoramento de Serviço
Além de todas essas formas de aplicações de monitoramento, também há muitos outros tipos de sensores que podem ser usados para monitorar servidores ou serviços. Por exemplo, um determinado sensor verifica, via WMI, se o computador de destino está executando um serviço do Windows, e ele poderá até tentar reiniciar um serviço automaticamente quando o computador em questão não reagir mais. O sensor do centro de segurança pode verificar o status do Windows Security Center. Ele avisa quando um software antivírus está faltando ou se as assinaturas de antivírus não estão atualizadas. Com isso, fica garantida que a solução antivírus esteja sempre ativada e atualizada.

Monitoramento de banco de dados
Servidores de banco de dados também podem ser controlados por um software de monitoramento. Ele pode, por exemplo, enviar uma consulta em intervalos regulares e verificar os resultados obtidos sobre os valores esperados (tempo de resposta, número de registros, etc.). Um bom software suporta o monitoramento de sistemas Oracle, MySQL, Microsoft SQL, assim como de inúmeros bancos de dados, que conhecem a interface ADO. Para o servidor de banco de dados Microsoft SQL, também deverá haver tipos de sensores que monitorem as conexões de usuários e seus logins/logouts.

Aplicações web em geral
No caso de empresas com fortes atividades de negócios online, os administradores com sensores HTTP deveriam monitorar a disponibilidade e o tempo de carregamento dos sites da empresa. O sensor de transação é uma grande ferramenta para verificar se uma loja online, por exemplo, funciona como planejado. Dessa forma, é possível, por exemplo, simular o processo de compra através do envio de uma série de consultas.

O monitoramento envia seu "OK" somente quando todas as ações de toda a série de consultas forem concluídas completamente e com sucesso. Caso algo não funcione, o sistema irá notificar o administrador de modo correspondente. Este pode reagir imediatamente de modo que a empresa não tenha prejuízos financeiros por conta de casos como uma loja online ficar indisponível ou muito lenta.

Sensores especiais de monitoramento
Há uma vasta gama de outros tipos de sensores que podem ser inclusos em um software profissional para completar o monitoramento da rede. São eles:

• Monitoramento da funcionalidade de um serviço DHCP em uma rede
• Monitoramento de servidores de tempo por SNTP
• Monitoramento de servidores FTP (incluindo o número de arquivos e TFTP)
• Monitoramento de serviços DNS (incluindo monitoramento de Blacklist)
• Monitoramento LDAP
• Monitoramento do servidor RADIUS
• Monitoramento de portas abertas/fechadas (incluindo conjuntos de portas)
• Monitoramento do número de traceroute hops/saltos


Apresentação de dados de monitoramento
Há diferentes maneiras de apresentar vividamente os dados coletados de um monitoramento. As bibliotecas, por exemplo, proporcionam tanto vistas alternativas na árvore de dispositivos como opções de filtragem de uso fácil. Com os mapas é possível apresentar, alternativamente, gráficos com dados ao vivo que podem, até mesmo, se tornarem públicos. Ambos permitem, por exemplo, a criação de sínteses de todos os sensores usados para monitorar a aplicação ou o serviço afetado - independentemente de qual aparelho os dados se originaram.

Tal visão pode, por exemplo, mostrar todas as interfaces de TI para a funcionalidade de e-mail, dentre as quais se destacam: tempos de resposta dos diferentes servidores de e-mail, tempos de round trip, disponibilidade de acesso à internet, checagens DNS-on-Blacklist, estado do software de antivírus no servidor de email, Exchange Delivery Queue (fila de entrega), entre outros.

Sensores especiais de monitoramento
Há uma vasta gama de outros tipos de sensores que podem ser inclusos em um software profissional para completar o monitoramento da rede. São eles:

• Monitoramento da funcionalidade de um serviço DHCP em uma rede
• Monitoramento de servidores de tempo por SNTP
• Monitoramento de servidores FTP (incluindo o número de arquivos e TFTP)
• Monitoramento de serviços DNS (incluindo monitoramento de Blacklist)
• Monitoramento LDAP
• Monitoramento do servidor RADIUS
• Monitoramento de portas abertas/fechadas (incluindo conjuntos de portas)
• Monitoramento do número de traceroute hops/saltos


Apresentação de dados de monitoramento
Há diferentes maneiras de apresentar vividamente os dados coletados de um monitoramento. As bibliotecas, por exemplo, proporcionam tanto vistas alternativas na árvore de dispositivos como opções de filtragem de uso fácil. Com os mapas é possível apresentar, alternativamente, gráficos com dados ao vivo que podem, até mesmo, se tornarem públicos. Ambos permitem, por exemplo, a criação de sínteses de todos os sensores usados para monitorar a aplicação ou o serviço afetado - independentemente de qual aparelho os dados se originaram.

Tal visão pode, por exemplo, mostrar todas as interfaces de TI para a funcionalidade de e-mail, dentre as quais se destacam: tempos de resposta dos diferentes servidores de e-mail, tempos de round trip, disponibilidade de acesso à internet, checagens DNS-on-Blacklist, estado do software de antivírus no servidor de email, Exchange Delivery Queue (fila de entrega), entre outros.

Um relatório clássico deve estar disponível em todo o caso, incluindo a capacidade de definir relatórios periódicos (por exemplo, em formato PDF) para poder utilizar essa análise em caso de demanda ou quando for necessário testar SLAs. Os relatórios devem ser enviados automaticamente, incluindo relatórios trimestrais sobre o uso da largura de banda, relatórios e gráficos sobre todos os aspectos de uma determinada aplicação ou para todos os tipos de serviço.

Conclusão
Um software de monitoramento de rede profissional sempre está de olho nos detalhes. Ele fornece uma visão geral da respectiva infraestrutura de TI corporativa, incluindo a rede, os servidores, os clientes, assim como os dispositivos e sistemas conectados. Sempre que um serviço não está disponível ou se os limites foram ultrapassados, os responsáveis são informados imediatamente. Enquanto o software não alertar nada, vale a regra: nenhuma notícia significa uma boa notícia.


Sobre a Paessler AGPaessler AG é líder na indústria por oferecer as soluções de monitoramento e teste de redes mais poderosos, acessíveis e fáceis de usar. O conjunto de software da empresa com os produtos certos oferece tranquilidade, confiança e conveniência para negócios de todos os tamanhos – de pequenos escritórios e home-offices a grandes corporações, incluindo mais de 70% das empresas que figuram na Fortune 100. Baseada em Nuremberg, Alemanha, o alcance global da Paessler inclui mais de 150 mil instalações ativas de produtos. Fundada em 1997, a Paessler AG continua sendo uma empresa privada e é reconhecida tanto como parceira de desenvolvimento da Cisco Developer Network quanto da VMware Technology Alliance Partner. Para mais informações, acesse http://www.br.paessler.com/.

VIANEWS Comunicação Integrada
Fonte VIANEWS Comunicação Integrada 20/03/2013 ás 16h

Compartilhe

Monitoramento de rede atento aos mínimos detalhes