Ministro da Micro e Pequena Empresa diz que burocracia é como colesterol

Fonte Agência Brasil 09/05/2013 às 15h

Brasília - O ministro Guilherme Afif Domingos, empossado hoje (9), disse estar emocionado, agradecido e orgulhoso pelo desafio de inaugurar as atividades da Secretaria da Micro e Pequena Empresa, recém-criada pela presidenta Dilma Rousseff. Afif defendeu também que o tema deve ser uma bandeira nacional e informou que sua pasta buscará desburocratizar e aumentar a produtividade do setor. Ele comparou a burocracia ao colesterol.

"Burocracia é como colesterol, tem o bom e tem o ruim. O bom é o serviço publico exemplar, é aquele que lubrifica as artérias, permitindo o fluxo. O ruim é aquele que entope, atrapalha o desenvolvimento do país. É esse que vamos combater, a má burocracia", disse Afif no discurso de posse. Ele também saudou o Sebrae, com quem pretende estabelecer uma grande parceria “para chegar a todos os rincões” do país.

Ainda segundo Afif, o novo ministério tem que ser “pequenininho, modesto”, e “não será o ministério da verba, será o ministério do verbo”. Ele disse ainda que a secretaria vai atuar com inteligência para fazer a integração entre as demais pastas e articular avanços no Executivo e no Legislativo.

Logo depois, a presidenta Dilma Rousseff concordou com a comparação feita por Afif e disse que a desburocratização do país deve ser buscada por todas as atividades. “De fato, tem a boa burocracia, que é a regulamentação correta que o Estado tem que fazer, mas há a péssima burocracia, que ao invés de dar suporte ou ajudar a desenvolver, entrava. Essa é uma questão que está no cerne da expansão da pequena e micro empresa. É necessário em todas as atividades desburocratizar o país".

Segundo Dilma, quanto mais se desenvolve o país, mais importante se tornam as micro e pequenas empresas para a economia, sendo um espaço de relação entre as grandes e médias empresas e a sociedade, especialmente para gerar inovações científica e tecnológicas.

A presidenta elogiou o novo ministro e disse que é a pessoa certa no lugar certo. “A posse do Guilherme Afif Domingos traz a pessoa certa para o lugar certo, porque acredito que é um reconhecimento de direito, que o ministro foi o mais importante formulador e ao mesmo tempo o representante de milhões de cidadãos comuns que têm nas micro e pequenas empresas os objetivos das suas vidas. O ministro construiu a pauta das micro e pequenas empresas no nosso país”.

Atualmente, o país tem 7,4 milhões de micro e pequenas empresas, o que representa 99% das empresas formalizadas do país. Somadas, elas empregam 11 milhões de trabalhadores com carteira assinada. Além de ministro, Afif Domingos é vice-governador de São Paulo, pelo PSD. Ele também foi presidente do Conselho do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e, por duas vezes, presidente da Associação Comercial de São Paulo.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 09/05/2013 ás 15h

Compartilhe

Ministro da Micro e Pequena Empresa diz que burocracia é como colesterol