Ministra de Comércio da Suécia se reúne com secretário-executivo

Fonte Assessoria de Comunicação Social do MDIC 29/03/2013 às 9h

 

Ministra de Comércio da Suécia se reúne com secretário-executivo

Brasília  – O secretário-executivo do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Alessandro Teixeira, recebeu na última segunda-feira (25), a ministra de Comércio da Suécia, Ewa Bjorling. O objetivo do encontro foi discutir o fortalecimento da cooperação estratégica bilateral, através do diálogo político nas áreas de indústrias, comércio, investimentos, inovação e transportes.

A ministra falou sobre o interesse em estabelecer parcerias com foco em inovação e responsabilidade social corporativa, através das empresas suecas em solo brasileiro. Salientou que o Brasil representava o país mais importante da América Latina e que a cidade de São Paulo é “o segundo maior campo industrial da Suécia”.

O secretário-executivo destacou que o Brasil pretende desenvolver tecnologias relacionadas ao etanol de terceira geração. Ele fez referência ao interesse em exploração conjunta, entre Brasil e Suécia, de temas semelhantes na África.

Entre as principais atividades apresentadas pelos empresários, foram expostas as estatísticas de receitas e investimentos em pesquisa e desenvolvimento (P&D) de suas empresas, e entraves à continuidade dos empreendimentos no Brasil. Algumas empresas demonstraram interesse nos investimentos junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) em energias limpas, no setor de transportes, aplicações dos pós-metálicos, ou na produção de ônibus híbrido.

Relações bilaterais

São antigas as relações diplomáticas entre Brasil e Suécia. Estabelecidas em 1826, foram reforçadas com a chegada, em 1890, do primeiro contingente de imigrantes suecos ao país e com a gradual aproximação entre as duas nações na área econômico-comercial.

O dinamismo das relações bilaterais é vinculado a diversos fatores, entre eles o fato de a Suécia ser o maior consumidor do etanol brasileiro na União Europeia e importante aliado nos esforços para a criação um mercado internacional de biocombustíveis e para a liberalização do comércio do produto.

Diante do interesse comum em promover o emprego de biocombustíveis e em desenvolver o mercado internacional do etanol, Brasil e Suécia concluíram, em setembro de 2007, Memorando de Entendimento sobre Cooperação na Área de Bioenergia, incluindo Biocombustíveis, em vigor desde abril de 2009.

Outra vertente importante da cooperação bilateral é a técnico-militar, ao amparo do Memorando de Entendimento sobre Cooperação em Assuntos Relativos à Defesa, celebrado em 2000.

Veja fotos do encontro

Assessoria de Comunicação Social do MDIC
Fonte Assessoria de Comunicação Social do MDIC 29/03/2013 ás 9h

Compartilhe

Ministra de Comércio da Suécia se reúne com secretário-executivo