Ministério da Saúde aumenta em R$ 1,3 mi teto orçamentário de Campina Grande

Fonte Codecom PMCG 19/11/2009 às 0h
O Ministério da Saúde confirmou na tarde desta quarta-feira (21) um aumento de R$ 1,3 milhão ao ano no teto orçamentário da cidade. A informação foi dada pelo Secretário de Saúde do Município, Metuselá Agra; e pelo deputado federal Vital do Rego Filho (PMDB-PB). Os dois receberam a confirmação durante audiência com a Diretora do Departamento de Regulação, Avaliação e Controle de Sistema da Secretaria de Atenção Básica à Saúde do Ministério da Saúde, Cleusa Rodrigues Silveira Bernardo.

O aumento refere-se a recursos direcionados ao tratamento oncológico, ao tratamento de hemodiálise e a outros procedimentos menores. “Só no caso da hemodiálise, por exemplo, Campina Grande vinha apresentando um déficit aproximado de R$ 60 mil ao mês”, afirmou Metuselá Agra. Durante a audiência, a secretária confirmou que a portaria que regulamenta a ampliação do teto será publicada até o próximo mês de novembro.

De acordo com a secretária Cleusa Rodrigues, a ampliação foi confirmada devido ao modelo de gestão dos recursos de saúde na cidade. “A evolução que Campina vem obtendo, mês a mês, e a ampliação, por exemplo, na cobertura do Programa Saúde da Família contribuíram decisivamente para que conseguíssemos esta ampliação”, afirmou Metuselá, após a reunião.

Para o deputado Vital Filho, a confirmação do aumento foi um passo para se conseguir resolver um problema que há anos é verificado na cidade, que é o déficit no teto orçamentário da saúde. “Começamos a resolver parte da questão do teto orçamentário da Saúde na cidade. Essa é uma questão antiga, que já vínhamos tratado aqui em Brasília. Agora, temos um indicativo muito positivo de que a solução definitiva está próxima”, afirmou.

Segundo Vitalzinho, o mais importante é que Campina Grande consegue esta ampliação num momento em que não é normal para o Governo Federal liberar mais recursos para os municípios, em face das dificuldades de orçamento. “Isso mostra a atenção do Governo Federal para com a gestão administrativa de Campina Grande”, afirmou o deputado Vital Filho.

Vitalzinho disse ainda que na próxima suplementação orçamentária Campina Grande poderá ser contemplada com mais recursos, para que a questão do déficit no teto orçamentário da cidade seja totalmente resolvida. “Esta ampliação que se consolida agora é só o começo de um processo que deve culminar com a total recomposição do teto orçamentário da cidade. Vamos continuar trabalhando para isso”, afirmou.
Codecom PMCG
Fonte Codecom PMCG 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Ministério da Saúde aumenta em R$ 1,3 mi teto orçamentário de Campina Grande