Mercúrio em alta nos oceanos

Fonte Jornal da Unicamp 17/08/2014 às 19h
Um inventário do estoque de mercúrio nos oceanos sugere que a atividade humana elevou de modo significativo a concentração do metal nesse ambiente. O aumento registrado pode chegar a 200%, dependendo da profundidade e da região estudada, com um excesso expressivo no Atlântico Norte, em comparação com o Atlântico Sul e o Pacífico. O trabalho, de autoria de pesquisadores dos EUA, França e Holanda, está publicado na edição da semana passada da revista Nature.

O mercúrio é um metal tóxico, e na forma orgânica metil-mercúrio se acumula na cadeia alimentar. Os autores do novo estudo esperam que seus resultados ajudem a compreender a dinâmica da conversão do mercúrio em metil-mercúrio nos mares e sua circulação na vida marinha.



Jornal da Unicamp
Fonte Jornal da Unicamp 17/08/2014 ás 19h

Compartilhe

Mercúrio em alta nos oceanos