Mercado de Música Digital no Brasil irá dobrar em 2013

Fonte Dupla Informação 01/05/2013 às 21h

A distribuidora de música digital ONErpm prevê que a chegada de novos players internacionais como Amazon MP3, Deezer, Google Music e Spotify fará o mercado brasileiro dobrar.


Desde a entrada da iTunes Store no Brasil em dezembro de 2011, seguida da chegada do serviço de streaming Rdio, o mercado de música digital no Brasil passou por uma evolução rápida. Para se ter uma ideia, apenas um mês depois da chegada da iTunes Store, as vendas do catálogo da distribuidora digital ONErpm dobraram.

Em países como Reino Unido, Índia e Estados Unidos, a música digital já representa mais de 50% de todo mercado. No Brasil, o digital ainda está em sua infância representando 27% do mercado de acordo com dados da IFPI referentes a 2012.

Essa porcentagem de participação da música digital significa que há um grande potencial a ser explorado. Prova disso é a previsão de que em 2013 cheguem novos players internacionais como Amazon MP3, Google Music e a confirmação de entrada no país do Spotify. Eventualmente, o iTunes também passará a aceitar pagamentos em reais, com cartões de crédito nacionais. Outro dado importante é que quase metade dos 194 milhões de brasileiros passaram a ter acesso à internet. De acordo com o Ibope, o país possui hoje 94,2 milhões de pessoas conectadas à rede, aumento de 8,8% em relação a 2011.

“Em 2012, a ONErpm teve um crescimento de 470%,alcançando um portfolio 250 selos, 5.000 artistas e 55.000 álbuns nacionais. Nossa experiência mostrou que a entrada de novas lojas e serviços no mercado brasileiro faz com que as vendas cresçam muito, podendo dobrar em um curto período. Isso se deve a uma somatória de fatores como o investimento em marketing das empresas entrantes, a mudança nos hábitos de consumo, o crescimento da internet no Brasil e a ampliação do catálogo de música brasileira disponível”, afirma Emmanuel Zunz, CEO da ONErpm.

Entre os desafios para ampliar ainda mais o mercado está a mudança na “cultura do gratuito” para a cultura do suporte aos artistas, além do aprimoramento das estratégias e do planejamento digital por parte de artistas e selos, colocando o digital em primeiro plano (lado a lado com o formato físico) para melhor aproveitamento das oportunidades.

PESQUISA ONErpm

Recentemente, a ONErpm realizou uma pesquisa com sua base de clientes cujos resultados mostram que 70% oferece download de graça e apenas 10% pede o e-mail em troca. Apesar de todas as ferramentas disponíveis para oferecer música de graça em troca de informações do público (para crescimento da base de fãs), 45% ainda disponibiliza em sites como Rapidshare, 87% coloca em serviços não-remunerados como Soundcloud e apenas 17% coloca no YouTube, serviço que remunera artistas/selos através de uma parceria com a ONErpm.

O mais interessante é que apesar desses dados anteriores, 82% acham que o download gratuito não aumenta o público, mas sim o marketing e a divulgação e 75% acham que o download gratuito não garante que a pessoa vá ouvir a música do artista.

SOBRE A ONErpm

A ONErpm, empresa com sede em Nova York e São Paulo, é uma das maiores distribuidoras de música digital do Brasil que oferece uma plataforma de autoatendimento simples e intuitiva, possibilitando o acesso de artistas e selos a uma rede com mais de 80 lojas e serviços de música, incluindo o iTunes, Rdio, eMusic, Spotify, Amazon, Google Music, YouTube, entre muitas outras.

Além da distribuição digital, artistas e selos tem à sua disposição uma série de ferramentas que facilitam o acesso e o compartilhamento de sua música pelo público. Sem custo algum, podem ter uma loja no Facebook, oferecer downloads gratuitos em troca de endereços de e-mail e utilizar os widgets e players da ONErpm para compartilhar faixas e álbuns em qualquer lugar da web.

http://onerpm.com

http://www.facebook.com/ONErpmBrasil

 

http://www.twitter.com/ONErpmBrasil

Dupla Informação
Fonte Dupla Informação 01/05/2013 ás 21h

Compartilhe

Mercado de Música Digital no Brasil irá dobrar em 2013