Membros da comitiva presidencial que contraíram gripe A já começaram tratamento.

Fonte Agência Brasil. 04/12/2009 às 17h

 Hamburgo (Alemanha) - Os dois integrantes da comitiva do presidente Luiz Inácio Lula da Silva que contraíram a influenza A (H1N1) – gripe suína – começaram a tomar hoje (4) o medicamento Tamiflu, depois da confirmação do diagnóstico.

Segundo a médica Cacilda Rosa de Lima, que acompanha a comitiva presidencial, os dois pacientes – um subtenente do Exército e um suboficial da Aeronáutica – estão estáveis, mas vão permanecer num hotel em Hamburgo até uma semana. Depois, voltarão para o Brasil.

Cacilda Lima informou que os dois integram a equipe de segurança do presidente Lula e podem ter contraído gripe A em Portugal. "Os dois tinham febre, mas um deles apresentou dificuldade para respirar e dor no peito. Então, decidimos levá-los ao hospital", disse ela.

De acordo com a médica, a equipe que atende a Presidência da República estava preparada para eventuais casos de contaminação por gripe A nesta viagem à Europa. "[A confirmação dos casos] não nos pegou de surpresa. Estávamos alertas, pois estamos com uma curva ascendente na Europa", afirmou.

O diagnóstico de gripe A foi feito quando os dois seguranças já estavam no aeroporto de Hamburgo para embarcar de volta ao Brasil, mas não puderam seguir viagem com a comitiva presidencial.

Segundo informações do Itamaraty, os dois militares deixaram a capital portuguesa e foram diretamente para Hamburgo, sem passar por Berlim.

 

 
Agência Brasil.
Fonte Agência Brasil. 04/12/2009 ás 17h

Compartilhe

Membros da comitiva presidencial que contraíram gripe A já começaram tratamento.