Melhorias sanitárias serão construídas com recursos do PAC2

Fonte FUNASA 27/04/2013 às 10h

 

Morador João Silva (sem camisa) afirma que MSD mudou a vida da família (Foto: Nayglon Goulart)

Morador João Silva (sem camisa) afirma que MSD mudou a vida da família (Foto: Nayglon Goulart)

O município de Entre Rios, localizado a 560 km da capital catarinense, Florianópolis, recebeu por meio da Superintendência Estadual da Funasa em Santa Catarina (Suest/SC), o investimento de R$ 500 mil do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2) para a construção de Melhorias Sanitárias Domiciliares (MSD).

O superintendente estadual da Suest/SC, Adenor Piovesan, visitou no dia 11 de abril o município para verificar o andamento das obras do projeto de MSD. Essas são compostas por construção de módulos sanitários domiciliares que correspondem a banheiro, privada, caixa d’água, fosse séptica, sumidouro (poço absorvente). Essas ações visam atender as necessidades básicas de saneamento das famílias carentes, por meio de instalações sanitárias mínimas, relacionadas ao uso de água e ao destino adequado dos esgotos do domicilio.

Com o investimento 83 famílias, dos 3.000 habitantes do município, serão contempladas. Durante a visita o prefeito municipal, João Roque, recebeu o superintendente, juntamente com os secretários e assessores municipais. Durante a reunião Adenor Piovesan colocou a Suest/SC à disposição para auxiliar o município na elaboração de projetos que contemplem investimentos em Sistema de Abastecimento de Água e Esgotamento Sanitário. Sobre a implantação de MSD, João Roque ressaltou que foi realizado um trabalho integrado dos diversos departamentos do município, que desenvolveram ações junto às famílias contempladas, visando um melhor aproveitamento do investimento.

O morador, João Maria Pereira da Silva, informou que após o recebimento do banheiro, as condições de vida da sua família melhoram muito: “antes nós tínhamos uma casa muito ruim, que mal dava para se morar. O novo banheiro foi um incentivo a mais para nós construirmos uma nova casa com mais estrutura e, assim, melhorar as condições de vida da minha família”.

Adenor Piovesan salientou que a Fundação viabiliza, por meio de projetos de saneamento, ações de promoção à saúde que garantem a prevenção de doenças. “Com essas obras de MSD estamos contribuindo no cumprimento de diretriz do Governo Federal para a erradicação da pobreza, proporcionando uma melhor expectativa de vida aos munícipes”, explica o superintendente.

 

FUNASA
Fonte FUNASA 27/04/2013 ás 10h

Compartilhe

Melhorias sanitárias serão construídas com recursos do PAC2