McDonald's reduz em R$ 43 milhões valor de dano moral coletivo em acordo feito no MPT

Fonte Agência Brasil 21/03/2013 às 21h

Brasília - Em audiência encerrada na tarde desta quinta-feira (21), no Ministério Público do Trabalho (MPT) em Recife, foi acordado que a Arcos Dourados, representante da rede de lanchonetes McDonald's no Brasil, deverá pagar R$ 7,5 milhões por danos morais coletivos. O valor fixado antes do acordo era R$ 50 milhões. A empresa se comprometeu, ainda, a acabar com a jornada móvel variável até dezembro nas lojas da rede em todo o país.

O MPT moveu ação contra a Arcos Dourados por descumprimento de cláusulas legais relativas às jornadas de trabalho de seus funcionários. A jornada móvel variável, adotada pelo McDonald's, consiste em não fixar um horário de entrada ou saída de seus funcionários, que deve estar à disposição da empresa na hora em que ela precisar, e, dependendo do movimento da loja, pode ser liberado pouco tempo depois de iniciar o trabalho.

Como o McDonald's paga seus funcionários por hora, muitas vezes eles ganham um valor muito inferior ao salário mínimo, que é atualmente R$ 678.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 21/03/2013 ás 21h

Compartilhe

McDonald's reduz em R$ 43 milhões valor de dano moral coletivo em acordo feito no MPT