Marílson Gomes "puxa ritmo" de fundistas e prevê novos nomes para 2016

Fonte FPA 16/03/2013 às 22h

O maratonista Marílson Gomes dos Santos vem retornando aos poucos às provas de pista e escolheu o segundo Campeonato FPA Adulto para correr os 5.000 metros no Estádio Ícaro de Castro Mello, no Ibirapuera. A competição com a chancela da Federação Paulista de Atletismo termina neste domingo (17) e terá 18 provas. Mas, na tarde deste sábado (16), o atleta, que é um dos maiores nomes da modalidade no Brasil nos últimos tempos, puxou o ritmo dos adversários, que se espelham no campeão. A medalha de ouro era esperada, mesmo com a ausência de Marílson da distância nas últimas temporadas. O fundista fez 13min47s22. "Foi difícil voltar a correr uma prova mais curta, mas gostei do resultado. Desde 2011 não corria oficialmente os 5.000. Estava sentindo falta de uma distância mais rápida. Ajuda muito na maratona", reforçou Marílson Gomes dos Santos.
 
O atleta, que participou das últimas duas Olimpíadas na prova dos 42 quilômetros, acredita que o atletismo brasileiro revela novos nomes para os 5.000. Joílson Bernardo, medalha de prata com 14min03s33, e Ederson Vilela, 4º colocado com 14min26s00, são exemplos. "Para 2016 estão surgindo bons nomes. Eles já estão mostrando talento. A receita para representar o Brasil na Olimpíada é contar sempre com a sorte, não se machucar e manter ritmo e consistência", disse o atleta da equipe BM&F Bovespa.

FPA
Fonte FPA 16/03/2013 ás 22h

Compartilhe

Marílson Gomes "puxa ritmo" de fundistas e prevê novos nomes para 2016