Maria do Céu Guerra traz "Menino de sua avó" para o Dulcina

Fonte FUNARTE 04/05/2013 às 16h

 

Atriz portuguesa é Dionísia, avó do poeta Fernando Pessoa, na peça que integra a programação do Ano de Portugal no Brasil

Menino de sua Avo – Foto MFE Luis Rocha

Um dueto cênico entre Fernando Pessoa e sua avó Louca é o que propõe o espetáculo Menino de sua Avó, com a atriz portuguesa Maria do Céu Guerra, a partir desta sexta (3), no Teatro Dulcina, no Rio de Janeiro. O espetáculo fica em cartaz até domingo, dia 5, sempre às 19h, integrando a programação do Ano de Portugal no Brasil, que termina em 10 de junho de 2013, Dia Nacional de Portugal.

A peça inédita de Armando Nascimento Rosa, Menino de sua avó, escrita para Maria do Céu Guerra e Adérito Lopes, acompanha ambas as personagens na vida e na morte, numa sucessão de momentos que atravessam o século XX português. Sete encontros onde o fantástico ganha a cena, numa divertida fantasia em que material e imaterial se confundem, à maneira pessoana, entre personagens que se cruzam do lado de cá e de lá da vida.

Maria do Céu Guerra abraça a personagem de Dionísia, a “avó louca” que terá tido particular influência no jovem Fernando Pessoa, multiplicando-se entre personagens.

Menino de sua avó é uma criação cênica em que a vida insubmissa do teatro se substitui ao silêncio da morte, guiado pela louca lucidez de uma Dionísia reinventada, e do seu neto, cuja timidez esconde a genial ousadia patente na sua imensa obra, que é hoje um legado extraordinário da lusofonia.

O título da peça é uma expressão de forte ressonância pessoana, uma vez que nos recorda o título do célebre poema de Fernando Pessoa: O menino de sua mãe – também título de outro memorável espetáculo de Maria do Céu Guerra, a partir de poesia e drama pessoanos, estreado em 1988, no antigo Politeama, em Portugal.

O espetáculo, que fica em cartaz no Teatro Dulcina até domingo, dia 5, gira em torno da proximidade entre Pessoa e sua avó paterna, Dionísia Estrela Seabra, que desde cedo perdeu a razão, mas que habitou na mesma casa do poeta em várias etapas da sua vida. A avó Dionísia é por isso uma presença recorrente na vida e na morte do poeta, e o nome dela, que é a declinação feminina em português de Dioniso, o deus grego do teatro, foi apenas um motivo a mais para juntar Pessoa e sua querida e louca avó Dionísia no espaço da cena, onde todos os encontros se revelam possíveis.

Menino de sua avó
De sexta a domingo
Dias 3, 4 e 5 de abril, às 19h

Ficha técnica:
Texto inédito: Armando Nascimento Rosa
Criação: Maria do Céu Guerra e Adérito Lopes
Encenação Partilhada – Apoio Rita Lello
Música original: António Victorino d’Almeida
Harpa: Ana Dias
Cenografia e figurinos: José Costa Reis
Aderecista: Marta Fernandes da Silva
Vídeo: Paulo Vargues
Sonoplastia: Ricardo Santos
Iluminação: Fernando Belo
Produção Executiva: Paula Coelho e Inês Costa

Classificação etária: 12 anos
Duraçã: 2h
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$10 (meia)

Teatro Dulcina
Rua Alcindo Guanabara, 17 – Centro
(Metrô – Estação Cinelândia)
Rio de Janeiro (RJ)
(21) 2240-4879

FUNARTE
Fonte FUNARTE 04/05/2013 ás 16h

Compartilhe

Maria do Céu Guerra traz "Menino de sua avó" para o Dulcina