Margareth Thatcher vira selo na Inglaterra

Fonte ANSA 12/08/2014 às 22h

Primeira ministra por 11 anos ganhou homenagem da Royal Mail

12 Agosto, 21:20••Beatriz Farrugia

(ANSA) - "Privatizamos tudo, menos a Rainha." Foi com essa frase, que Margareth Thatcher, então primeira ministra britânica, negou privatizar a Royal Mail, os correios britânicos.


Aproximadamente 24 anos depois da saída de Thatcher do governo e pouco mais de um ano de sua morte, a Royal Mail está prestes a ser privatizada. Mas antes de entrar na bolsa de valores, a empresa fará uma homenagem a Thatcher, apelidada de "dama de ferro" nos seus tempos de governo.


A líder, que morreu em abril de 2013, terá um selo com seu retrato. Ele faz parte de uma coleção que a Royal Mail faz em homenagem aos primeiros ministros do país. Assim como Thatcher, Winston Churchill, William Gladstone e outros cinco líderes ganharam homenagem em selo.


"O Reino Unido é uma das mais antigas democracias parlamentares. Portanto, achamos adequado recordar indivíduos que fizeram parte importante nessa história", afirmou a Royal Mail, por meio de porta-voz.


A escolha causou polêmica, segundo o jornal Daily Mail. Nomes como o de Tony Blair e de Benjamin Disraeli ficaram fora da homenagem. (ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 12/08/2014 ás 22h

Compartilhe

Margareth Thatcher vira selo na Inglaterra