Marcha celebra negociação para o fim de conflito armado na Colômbia

Fonte Agência Brasil - EBC 10/04/2013 às 7h

Bogotá - A marcha pela paz na Colômbia realizada ontem (9) reuniu milhares de pessoas em diversas cidades do país. A expressiva participação popular em favor da paz é uma manifestação de respaldo da sociedade civil ao processo de negociação pelo fim do conflito armado entre o governo do país e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc) iniciado há cinco meses em Cuba.

O secretário geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, declarou em Washington que a marcha foi uma "oportunidade valiosa" para expressar o desejo de milhares de colombianos que querem o fim do conflito.

"Esta iniciativa adquire maior transcendência porque reforça o sentimento majoritário da sociedade para fortalecer um projeto de paz. Além disso, a manifestação mostra a comunidade internacional o que sentem estes milhares de colombianos que querem viver em harmonia e sem violência", destacou Insulza.

O presidente colombiano, Juan Manuel Santos, participou de um ato militar em homenagem aos soldados e militares mortos no conflito armado. "Sabemos até onde este processo de paz pode chegar e já é o momento de terminar com este conflito", reafirmou perante os soldados.

Vestido de camiseta branca, com o slogan: "Minha parte é acreditar", símbolo da manifestação, Santos também caminhou em favor da paz. A marcha foi finalizada depois do meio dia na praça Bolívar, no centro da cidade.

O prefeito de Bogotá, Gustavo Petro, ex-guerrilheiro do Movimento M-19, desmobilizado após um acordo de paz, lembrou durante o evento a necessidade de buscar a reconciliação. "O que perdoa é o mais valente entre os valentes", disse.

Do mesmo modo a ex-senadora Piedad Córdoba, diretora da Organização não-Governamental (ONG) Colombianos e Colombianas pela paz, disse que a busca da paz vai além das reuniões em Cuba. "Se a guerrilha e o governo chegam a acordos, teremos que começar a buscar a paz". acrescentou Piedad.

O chefe dos negociadores do governo em Cuba, Humberto de la Calle e outros membros da delegação que negociam com a guerrilha em Havana, também participaram da caminhada de hoje.

Em nota De la Calle agradeceu aos colombianos pela participação ativa na marcha pelas vítimas. "Somos gratos por cada ato de cidadania de homens e mulheres que marcharam hoje pela paz, em lembrança das vítimas. Realmente foi uma mensagem muito comovedora", disse o chefe negociador.

Colombianos residentes em outros países como Argentina, Bélgica, França, Canadá, Venezuela e Espanha também realizaram atos em favor da paz.

Agência Brasil - EBC
Fonte Agência Brasil - EBC 10/04/2013 ás 7h

Compartilhe

Marcha celebra negociação para o fim de conflito armado na Colômbia