Manifestantes querem ser recebidos por autoridades do governo federal

Fonte Agência Brasil 07/03/2013 às 7h

 

Brasília – Os cerca de 1,2 mil manifestantes, segundo cálculos do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e do Movimento Camponês Popular, que ocupam a sede do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento aguardam para serem recebidos por alguma autoridade do governo federal.

Segundo a assessoria de imprensa, o ministro Mendes Ribeiro Filho embarca agora pela manhã para o Rio Grande do Sul. Caso a reunião seja marcada, o encontro deve ocorrer com a presença do secretário executivo, José Carlos Vaz.

Os manifestantes estão no local desde as 6h. Segundo a coordenadora nacional do MST, Rosana Fernandes, a ocupação quer chamar a atenção das autoridades para a pequena agricultura. “O modelo de agronegócio atual beneficia apenas a grande agricultura, que é das grandes empresas. E a maior parte da produção é para exportação. Queremos um incentivo maior para o modelo de agricultura camponesa, dentro da fatia do orçamento.”

Segundo a Polícia Militar, o número de manifestantes não deve ultrapassar 400 pessoas. No momento, os servidores estão impedidos de entrar no prédio. Ainda segundo a coordenadora do MST, a ocupação deve permanecer até que representantes sejam recebidos por alguma autoridade do ministério

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 07/03/2013 ás 7h

Compartilhe

Manifestantes querem ser recebidos por autoridades do governo federal