Mais dez hospitais ingressam no S.O.S Emergências

Fonte Agência Brasil 07/03/2013 às 19h

Brasília - O Ministério da Saúde incluiu mais dez hospitais no programa S.O.S Emergências, que visa a melhorar o atendimento dos hospitais de urgência e emergência do país. Com o ingresso dessas unidades, todas as cidades que sediarão jogos da Copa do Mundo de 2014 terão um hospital dentro do programa, disse o ministro da Saúde, Alexandre Padilha. “O objetivo [do programa] é tirar as macas dos corredores”, ressaltou.

Os hospitais que fazem parte da iniciativa são selecionados por serem referências regionais, terem pronto-socorro e grande número de internações e atendimentos ambulatoriais. Teresina (PI) e Aracaju (SE) também tiveram hospitais incluídos no programa, segundo o ministro, por estarem em “situação crítica”. Com a iniciativa, o ministério quer estimular a implantação do sistema de informatização e monitoramento por vídeo do desempenho da unidade e do fluxo de pacientes na entrada da emergência de cada hospital.

Os dez hospitais devem receber R$ 3 milhões cada para investir em equipamentos e reformas e R$ 300 mil mensais para custeio. De acordo com o ministério, os gestores locais ainda podem pedir verbas para projetos específicos, que serão analisados pela pasta.

Desde 2011, 12 hospitais de dez estados e do Distrito Federal (Pernambuco, Goiás, Ceará, Bahia, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Pará) estão no programa. Nesse período, foram disponibilizados 1.189 leitos. Em 2012, R$ 150,4 milhões foram investidos.

No início da semana, a Federação Nacional dos Médicos (Fenam) informou que está concluindo dossiê sobre a situação dos hospitais de urgência e emergência do país. Segundo a federação, em muitos estão sendo violados os direitos humanos dos pacientes. “Temos diariamente pacientes em situação de violação de direitos humanos, em corredores, sem direito a privacidade, fazendo suas necessidades no meio de corredores”, disse o presidente da entidade, Geraldo Ferreira.

No levantamento da Fenam, o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, no Rio Grande do Norte, é considerado com uma das condições de atendimento mais inadequadas. O hospital aderiu hoje ao S.O.S Emergências.

Hospitais que aderiram ao S.O.S Emergências:

1) Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena (PB)
2) Hospital e Pronto Socorro João Paulo II (RO)
3) Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (RN)
4) Hospital Getúlio Vargas (PE)
5) Hospital e PS Dr. João Lúcio Machado (AM)
6) Hospital de Urgência de Teresina Professor Zenon Rocha (PI)
7) Hospital do Trabalhador (PR)
8) Hospital e Pronto Socorro Municipal de Cuiabá (MT)
9) Hospital Geral do Estado Dr. Osvaldo Brandão Vilela (AL)
10) Hospital Governador João Alves Filho (SE)

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 07/03/2013 ás 19h

Compartilhe

Mais dez hospitais ingressam no S.O.S Emergências