Mais de 7 mil homens das Forças Armadas estarão de prontidão no Rio para Copa das Confederações

Fonte Agência Brasil 28/05/2013 às 15h

Rio de Janeiro – Cerca de 7,4 mil homens das Forças Armadas ficarão de prontidão para garantir a segurança da Copa das Confederações, na cidade do Rio de Janeiro. Segundo o coordenador do Centro de Coordenação de Defesa de Área do Rio, general José Alberto Abreu, os militares do Exército, da Marinha e da Aeronáutica não serão vistos patrulhando as ruas da cidade, como aconteceu em grandes eventos anteriores, e serão acionados apenas se os órgãos policiais requisitarem.

Abreu afirmou que os militares ficarão nos quartéis, de prontidão, e também em instalações consideradas estratégicas, como subestações de energia, estações de tratamento de água, centrais de telecomunicações, portos, aeroportos e usinas de produção de energia elétrica. A única participação visível das Forças Armadas serão os navios da Marinha, que patrulharão a orla da cidade durante a competição.

“Chegou-se à conclusão de que colocar as tropas nas ruas em um evento como esse seria inócuo. Vamos ficar no Palácio Duque de Caxias, no centro do Rio, com o Centro de Coordenação de Defesa de Área, acompanhando tudo o que possa acontecer. Vamos ficar na reserva porque, na área do Maracanã, a primeira atuação será da segurança privada. Caso aconteça alguma coisa que extrapole a capacidade da segurança privada, a Polícia Militar será acionada. Em último caso, serão acionadas as Forças Armadas para a garantia da lei e da ordem”, disse o general.

Segundo ele, o modelo de segurança – com militares atuando apenas como força de reserva, será usado nas outras cinco cidades-sede da Copa das Confederações, que acontece entre os dias 15 e 30 de junho. A expectativa é que esse modelo se repita também durante a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos e Paralímpicos de 2016.

No Rio de Janeiro, especificamente, as Forças Armadas estarão de prontidão até o dia 4 de agosto, já que no final de julho a cidade também sedia a Jornada Mundial da Juventude, principal evento da juventude católica no mundo, que terá a participação do papa Francisco. Para esse evento, serão mobilizados 9 mil militares que, além de ficarem de prontidão nos quartéis, também farão patrulhamento da área de Guaratiba, onde haverá a missa final da jornada.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 28/05/2013 ás 15h

Compartilhe

Mais de 7 mil homens das Forças Armadas estarão de prontidão no Rio para Copa das Confederações