Maio é o mês mundial da conscientização sobre hipotireoidismo

Fonte Agência Comunicado 04/05/2013 às 10h

Cerca de 15% dos brasileiros apresentam disfunções na glândula tireoide. Especialista consultor da Netfarma fala sobre tratamentos e prevenção.

São Paulo, 2 de maio de 2013 – Segundo dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), cerca de 15% das brasileiros apresentam hipotireoidismo ou hipertiroidismo. Maio é o mês da conscientização mundial do hipotireoidismo e hipertireoidismo, condições que podem trazer complicações para saúde mas que têm tratamento.

O que é a tireoide – Com o formato de uma borboleta e localizada na base do pescoço, ela é responsável pela liberação de hormônios indispensáveis para a saúde: o T3 (tri-iodotironina) e o T4 (tiroxina). Além de regularem o funcionamento do organismo, o T3 e T4 influenciam no ciclo menstrual e na performance de órgãos como o coração e os rins.

O que são as disfunções na tireoide – Elas têm origem hormonal. No hipotireoidismo há uma baixa produção de hormônios, já no hipertireoidismo existe uma produção exacerbada. “Por conta da baixa produção de hormônios, o hipotireoidismo desacelera o metabolismo, afetando o raciocínio e a memória. As mulheres são as mais atingidas pela doença, especialmente após os 30 anos, período em que as oscilações e problemas hormonais aumentam”, explica o Dr. Mohamad Barakat, médico nutrólogo e endocrinologista consultor da farmácia online Netfarma (
http://www.netfarma.com.br).“Por outro lado, o hipertireoidismo também é mais comum em mulheres”, explica o especialista.

A predisposição genética ocupa um lugar importante no surgimento destas doenças. Segundo o consultor da Netfarma, é indispensável observar os hábitos do paciente para identificar a origem do problema. O hipotireoidismo pode ter diferentes origens. Existe ainda uma doença específica, na qual o próprio organismo passa a atacar a tiroide. “Essa variação autoimune de hipotireoidismo é chamada de ´Tireoidite de Hashimoto´. Ela ocorre quando os próprios anticorpos do organismo não reconhecem a glândula tireoide, e por a encararem como um estranho, a atacam”, diz.

Os sintomas mais comuns do hipotireoidismo são a queda excessiva de cabelo, pele ressecada, unhas quebradiças, cansaço constante, depressão, aumento do volume da menstruação e dores nas articulações. Já o hipertireoidismo, também conhecido como ´Doença de Graves´, traz sintomas como insônia, suor excessivo, intolerância ao calor, alterações no fluxo e desequilíbrio do ciclo menstrual, irritabilidade, aceleração dos batimentos cardíacos e, na maioria dos casos, perda de peso”, explica Dr. Mohamad Barakat.

Ao notar os sintomas, o paciente não deve tentar se autodiagnosticar ou automedicar, mas sim procurar a avaliação médica.

Segundo o médico, para prevenir o hipotireoidismo, o mais indicado é manter uma alimentação balanceada. “Desde que seja usado com moderação, o iodo é um nutriente que faz bem para a tireoide, os frutos do mar também ajudam a aumentar os níveis de iodo no organismo”. Já para o hipertireoidismo, o mais aconselhado é evitar o iodo. “O excesso de ingestão de iodo pode, em indivíduos predispostos, levar ao quadro de hipertiroidismo e suas complicações principalmente em idosos”, alerta.


Tanto o hipertireoidismo, quanto o hipotireoidismo são tratados a base de medicação. “O tratamento do hipotireoidismo visa repor a deficiência de hormônio da tireoide. Já para o hipertireoidismo são medicamentos antitireoidianos, e em alguns casos, pode haver indicação de outros procedimentos como remoção da glândula ou aplicações de iodo radioativo”, conclui o médico.


Sobre a Netfarma - Fundada em 2012, 100% nacional e com a farmácia física localizada em Barueri, em São Paulo, a Netfarma oferece todos os medicamentos, dermocosméticos, suplementos alimentares, produtos de saúde, fitness, higiene, perfumaria e beleza, de A a Z, para venda pela Internet (http://www.netfarma.com.br) ou pelo call center (11) 4619-8800. A companhia é o resultado da integração de um time forte que reúne a visão avançada sobre a área da Saúde e a experiência do mundo digital e de e-commerce para atender às necessidades do consumidor de qualquer lugar do Brasil, que deseja adquirir medicamentos e produtos de saúde em um único ponto na Internet ou por telefone com segurança, rapidez, facilidade de compra, melhores preços e serviços e condições especiais de pagamento.

Agência Comunicado
Fonte Agência Comunicado 04/05/2013 ás 10h

Compartilhe

Maio é o mês mundial da conscientização sobre hipotireoidismo