Maduro visita Fidel Castro e reforça aliança com Cuba

Fonte Agência Brasil/EBC 28/04/2013 às 14h

Bogotá - O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, visitou ontem (27) o ex-presidente Fidel Castro, líder político cubano. Os dois se reuniram durante cinco horas e falaram da conjuntura política latino-americana e relembraram o ex-presidente da Venezuela, Hugo Chávez. Maduro também se reuniu com o presidente de Cuba, Raúl Castro, para fechar convênios de cooperação bilateral nas áreas de saúde, economia, educação e cultura.

Foi a primeira viagem presidencial de Maduro após a posse, em 19 de abril. Ele havia viajado para participar da Cúpula da União das Nações Sul-Americanas (Unasul) na véspera da posse, mas na condição de presidente eleito e interino. O presidente da Venezuela falou de seu encontro com Fidel em sua conta no Twitter. “Estivemos cinco horas com Fidel recordando o gigante [Chávez]. Sempre otimistas com a marcha da revolução latino-americana."

Maduro reuniu-se com membros do governo cubano, como o chanceler Bruno Rodríguez. Ministros cubanos e venezuelanos estiveram reunidos durante todo o sábado para tratar da chamada “aliança estratégica" entre os dois países.

Cuba e Venezuela mantêm convênios de cooperação há 12 anos, quando Fidel Castro e Hugo Chávez fizeram uma aliança política e econômica. Maduro disse que a viagem ratifica e amplia os acordos já existentes e “inicia uma nova etapa de cooperação em diversas áreas”.

De acordo com analistas venezuelanos, Maduro é muito ligado à família Castro, ao atual presidente Raúl Castro, irmão de Fidel e ao próprio líder que iniciou a revolução socialista no país. Especula-se, inclusive, que ele foi escolhido por Hugo Chávez antes de morrer por influência da política cubana.

Com informações da Telesur e da Prensa Latina

Agência Brasil/EBC
Fonte Agência Brasil/EBC 28/04/2013 ás 14h

Compartilhe

Maduro visita Fidel Castro e reforça aliança com Cuba