Maduro vai a Lima para reunião da Unasul; Capriles também quer participar

Fonte Agência Brasil/ EBC 18/04/2013 às 22h

Bogotá - O presidente eleito da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou que viajará a Lima (Peru), para participar da cúpula de presidentes da União de Nações Sul-Americanas (Unasul). A reunião foi convocada pelo Peru para discutir a situação de tensão na Venezuela, após as eleições do último domingo (14). Maduro foi eleito, mas a oposição pede a recontagem dos votos.

"A Unasul novamente mostra sua capacidade de ação e sua capacidade política, frente à ameaça de violência e golpe de Estado na Venezuela", disse Maduro em pronunciamento em rede de rádio e televisão.

Quase todos os chefes de Estado dos países integrantes da Unasul participarão da reunião extraordinária, entre eles a presidenta Dilma Rousseff. O candidato oposicionista e derrotado nas eleições, Henrique Capriles, também anunciou que pretende viajar a Lima.

"Estamos avaliando a possibilidade de viajar a Lima para estar presente na reunião da Unasul, para falar da contagem dos votos", disse Capriles, em mensagem na rede social Twitter. Segundo Capriles, vários chefes de Estado se mostraram "muito receptivos" para debetar sobre a recontagem de votos das eleições presidenciais no país.

O oposicionista apresentou um pedido de anulação do resultado do pleito, em que Nicolás Maduro foi eleito presidente da Venezuela até 2019. A cerimônia de posse de Maduro está marcada para a manhã desta sexta-feira (19).

Agência Brasil/ EBC
Fonte Agência Brasil/ EBC 18/04/2013 ás 22h

Compartilhe

Maduro vai a Lima para reunião da Unasul; Capriles também quer participar