Maduro diz que Chávez decidiu continuar tratamento

Fonte Portal EBC 05/03/2013 às 17h

Em cadeia nacional de televisão, o vice-presidente da Venezuela, Nicolás Maduro afirmou que o presidente Hugo Chávez decidiu continuar o tratamento médico e afirmou que o “ânimo de vida” do presidente está intacto.

O ministro de Comunicação e Informação da Venezuela, Ernerto Villegas, disse na noite desta segunda-feira (4), que o presidente Hugo Chávez enfrenta uma “nova e severa infecção respiratória e seu estado de saúde geral é muito delicado”.

O ministro leu o comunicado direto do Hospital Militar de Caracas, onde Chávez está internado há 15 dias. “Existe uma piora da função respiratória”, disse Villegas ao ler um comunicadoa em cadeia nacional de rádio e televisão.

Chávez vem sendo submetido a sessões de quimioterapia de forte impacto e a tratamentos complementares. “Há uma situação de complicação. Há uma infecção que está sendo tradada muito severamente. A equipe médica está concentrada no atendimento”. Um comunicado oficial será divulgado nesta tarde para informar o quadro médico de Hugo Chávez. "Nossa responsabilidade suprema é manter o povo informado corretamente", afirmou.

Plano de segurança

Após se reunir com o governo venezuelano e o comando militar do país, Nicolás Maduro anunciou a expulsão do funcionário da embaixada dos EUA na Venezeula David del Mónaco, por “atentar contra a estabilidade militar e política do país”. Maduro afirmou conhecer planos para a desestabilização do país e anunciou um plano de segurança para os cidadãos venezuelanos. "A direção política e militar da revolução bolivariana está concentrada e preparada. Essa direção está unida e chama o povo a povo a unificar-se", afirmou Maduro.

Portal EBC
Fonte Portal EBC 05/03/2013 ás 17h

Compartilhe

Maduro diz que Chávez decidiu continuar tratamento