MAC-USP comemora cinquentenário com duas exposições em nova sede

Fonte Agência Brasil 21/04/2013 às 18h

 

São Paulo – Comemorando os 50 anos de existência, o Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC-USP) abriu duas exposições no novo edifício no Parque Ibirapuera, zona sul paulistana. Uma das mostras - O Antes, O Agora – faz uma síntese do acervo do museu, onde estão algumas das obras mais conhecidas da instituição. O visitante poderá ver pinturas de artistas consagrados como Amedeo Modigliani, Anita Malfatti ao lado de artistas mais jovens, como Albano Afono e Junior Suci.

“A opção por usar lado a lado artistas modernos e contemporâneos visa a proporcionar ao público uma noção da pluralidade do acervo do museu e criar uma exposição que instigasse o público a pensar sobre as fortes mudanças que ocorreram na arte nesses quase 200 anos”, explica o curador da exposição e diretor do MAC, Tadeu Chiarelli.

Também faz parte da celebração do cinquentenário a mostra Di Humanista, que, com 67 obras, apresenta facetas não muito conhecidas de Di Cavalcanti. “Optamos por homenagear Di Cavalcanti nesta primeira exposição monográfica na nova sede porque este artista é aquele que está mais bem representado no acervo do museu. Temos 567 obras de sua autoria” , disse Chiarelli.

A localização da nova sede deverá, na opinião do diretor, aumentar a visitação do MAC. “Neste início de implantação de exposições na nova sede sentimos um aumento significativo de público devido, acreditamos, ao fácil acesso da nova sede”, disse.

Parte das atividades, no entanto, será mantida na Cidade Universitária, na zona oeste. Permaneceram no prédio antigo as atividades acadêmicas, como a biblioteca, o arquivo e salas para aula e pequenas exposições relacionadas à graduação e pós-graduação.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 21/04/2013 ás 18h

Compartilhe

MAC-USP comemora cinquentenário com duas exposições em nova sede