M5S promove manifestação contra reeleição de presidente

Fonte Ansa flash 21/04/2013 às 12h

Beppe Grillo classificou a situação, por meio de sua conta no Twitter, como "um golpe de Estado"

ROMA, 20 ABR (ANSA) - Enquanto o presidente da Itália, Giorgio Napolitano, foi reeleito ao cargo hoje, centenas de simpatizantes do Movimento 5 Estrelas (M5S), do ex-comediante Beppe Grillo, estão se reunindo nas ruas em volta da Câmara de Deputados, em Roma, contra a medida.

Os manifestantes protestam contra a rejeição do candidato nomeado pelo partido Stefano Rodotà. Segundo o porta-voz do movimento no Senado, Vito Crimi, não quiseram votar no candidato por ter sido proposto por eles. "Isso é coisa de criança. É uma vergonha", destacou.

Grillo classificou a situação, por meio de sua conta no Twitter, como "um golpe de Estado". "Existem momentos decisivos na história de uma nação. Hoje é um deles. (...) Para evitar uma mudança estão dispostos a qualquer coisa".

O deputado Massimo Artini, por sua vez, disse não acreditar que o presidente seja uma boa escolha para os italianos. "Napolitano é o homem que salvou Berlusconi, que não quis promover eleições e nomeou [o primeiro-ministro, Mario] Monti. Estamos nessa situação com o seu aval", destacou.

Ansa flash
Fonte Ansa flash 21/04/2013 ás 12h

Compartilhe

M5S promove manifestação contra reeleição de presidente