Luz, Câmera, UnB 50 Anos em Filmes

Fonte Secretaria de Comunicação da UnB 16/04/2013 às 9h

Mostra destaca produção brasiliense de cinema. Exibições fazem parte da programação cultural do cinquentenário da Universidade de Brasília.

Divulgação/UnB Agência
Clique para visualizar a programação completa

A história da produção cinematográfica no Distrito Federal e suas perspectivas de futuro são o tema da mostra Luz, Câmera, UnB 50 Anos em Filmes, que será realizada entre os dias 16 e 19 de abril. O evento será no auditório Dois Candangos, à noite, e no auditório da Faculdade de Comunicação, pelas manhãs.

A mostra tem entrada franca e integra o encerramento das comemorações do cinquentenário da Universidade de Brasília. Filmes de ficção e documentários foram produzidos ao longo dessas cinco décadas por cineastas que têm suas histórias de vidas atreladas à UnB ou tratam das questões da capital. O público terá a oportunidade de assistir desde obras raras como o curta Fala Brasília (1966), de Nelson Pereira dos Santos, e Itinerário de Niemeyer (1974), dirigido por Vladimir Carvalho, a O Entorno da Beleza (2010), de Dácia Ibiapina, e A Cidade é Uma Só (2011), de Adirley Queirós.

ARQUITETURA - As formas únicas de Brasília, retratadas em diversos filmes e sob diversos ângulos, são o tema da manhã do dia 17. A mesa "Brasília: Patrimônio Arquitetônico Moderno" reunirá autoridades do Governo do Distrito Federal e arquitetos de renome para debater o tema. Entre os filmes que serão exibidos, no auditório da Faculdade de Comunicação, está Brasília Segundo Feldman (1979), um curta de 20 minutos dirigido por Vladimir Carvalho a partir da recuperação de material documental filmado pelo designer americano Eugene Feldman, em visita a Brasília na época de sua construção.

O cineasta e professor emérito da UnB, Vladimir Carvalho, é o nome de destaque dessa mostra, que tem programado, para a noite do mesmo dia 17, a exibição e o lançamento em DVD do documentário Barra 68 (2001). Repleto de imagens raras e de inestimado valor histórico, o longa fala da luta de Darcy Ribeiro no início dos anos 60 para criar e implementar a Universidade Brasília. Além disso, narra agressões sofridas pela UnB durante os anos de governo militar.

PRODUÇÕES RECENTES - A mostra Luz, Câmera, UnB 50 Anos em Filmes também traz uma série de produções de safras recentes como Hollywood no Cerrado (2011), de Armando Bulcão e Tania Montoro, A Casa dos Mortos (2009), de Débora Diniz, e Ratão (2010), de Santiago Dellape. Esses e outros filmes serão exibidos nos dias 18 e 19 de abril, sempre acompanhados mesas que discutirão a política de cultura e de cinema no DF e no Brasil. Participarão do debate cineastas, pesquisadores e autoridades da Secretaria de Cultura do Distrito Federal e da Secretaria Nacional de Audiovisual.

Confira aqui a programação completa.

Secretaria de Comunicação da UnB
Fonte Secretaria de Comunicação da UnB 16/04/2013 ás 9h

Compartilhe

Luz, Câmera, UnB 50 Anos em Filmes