Lula e Michel Temer terão de prestar testemunho ao STF na ação penal do mensalão

Fonte Agência Brasil 19/11/2009 às 0h
O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, foi indicado como testemunha de defesa de dois réus na ação penal do mensalão - Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, e  José Janene, ex-líder do PP. Jefferson e Janene repondem por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Janene também é acusado por formação de quadrilha na denúncia que foi acolhida pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em agosto de 2007.

O presidente da Câmara, deputado Michel Temer (PMDB-SP), foi incluído na lista de testemunhas pelo réu José Rodrigues Borba, que responde por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Segundo o Ministério Público Federal (MPF), o mensalão se caracterizou como um esquema  especializado em "desviar dinheiro público e comprar apoio político", com o objetivo de "garantir a continuidade do projeto de poder" do PT.

Lula já foi oficiado pelo relator da ação penal, ministro Joaquim Barbosa, para dizer se deseja ser ouvido pessoalmente ou por escrito. O presidente também pode ser inquirido em local, dia e hora previamente ajustados com o juiz. As prerrogativas constam no Código de Processo Penal. O MPF e os advogados dos 39 réus poderão fazer perguntas a serem deferidas pelo relator.
Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Lula e Michel Temer terão de prestar testemunho ao STF na ação penal do mensalão