Lula comemora geração de empregos em obras do São Francisco

Fonte Agência Brasil 19/11/2009 às 0h
Ao se encontrar hoje (15) com trabalhadores do projeto de integração e revitalização do Rio São Francisco em Sertânia, município de Pernambuco, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva comemorou as contratações em mais de um turno de trabalho feitas por empresas nas obras do São Francisco.

Ele lembrou que esse foi um pedido feito por ele e pelo ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, para gerar empregos no Brasil no auge da crise financeira mundial.

“Decidimos que para enfrentar a crise tínhamos que fazer mais investimentos e convencer que a obras do PAC [Programa de Aceleração do Crescimento] fossem contratadas com dois ou três  turnos. Queríamos com isso não só fazer a obra mais rápido, mas gerar emprego”, disse.

O presidente lembrou a resistência de dom Luiz Cappio, bispo de Barra, cidade baiana que Lula visitou ontem (14), ao projeto de integração e revitalização do São Francisco e afirmou que é preciso ter consciência da realidade de seca enfrentada pelo povo nordestino.

“Teve até um bispo que fez greve de fome par que não fizéssemos essa obra, de vez em quando aparece um movimento em São Paulo, no Rio de Janeiro, em Salvador. Na verdade, eles não têm conhecimento do bem que essas obras estão fazendo. Não quero que a gente mate um passarinho, um calango, uma cobra, agora, não posso deixar o povo pobre morrer de sede.”

Desde ontem o presidente Lula vistoria obras do projeto do São Francisco e se encontra com trabalhadores.
Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Lula comemora geração de empregos em obras do São Francisco