LIGA MUNDIAL 2012: Brasil vence a Finlândia no último jogo em Toronto

Fonte Assessoria de Comunicação - CBV 21/05/2012 às 9h

LIGA MUNDIAL 2012: Brasil vence a Finlândia no último jogo em Toronto

 Brasil queria vencer. Depois de dois tropeços na primeira etapa da Liga Mundial 2012, contra Polônia e Canadá, a seleção verde e amarela conseguiu o resultado desejado e derrotou a Finlândia, neste DOMINGO (20.05), por 3 sets a 1, de virada (23/25, 25/13, 25/22 e 31/29), em 1h52 de partida. As três primeiras partidas da equipe brasileira na competição aconteceram no Ricoh Coliseum, em Toronto, no Canadá.

Agora, o time voltará ao Brasil e treinará na próxima semana no Aryzão, o Centro de Desenvolvimento do Voleibol, em Saquarema (RJ). No DOMINGO (27.05), a seleção brasileira viajará para Katowice, na Polônia, onde disputará a segunda etapa, contra as mesmas equipes.

No jogo contra a Finlândia, o oposto Wallace manteve a média e foi, pela terceira vez, o maior pontuador do Brasil. O atacante marcou 26 pontos contra a Polônia, 17 contra o Canadá e voltou a pontuar 26 vezes contra a Finlândia. Foram 19 pontos de ataque, quatro de bloqueio e três de saque.

Outro grande destaque do confronto ficou por conta de Bruno. O capitão do Brasil brilhou em quadra, marcou quatro pontos de saque e elogiou a forma de jogar da seleção brasileira nesta partida.

“Nós tivemos jogos difíceis nesta fase e estou feliz porque hoje jogamos como um verdadeiro time. Todos os jogadores se ajudaram e isso é muito importante para nós. Na próxima semana teremos jogos muito importantes para seguirmos com a meta que é chegar na fase final, em Sofia”, disse Bruno, sobre a etapa que será disputada de 4 a 8 de julho, na Bulgária.

O central Lucão também fez grande partida. Autor de 13 pontos (sete de ataque, três de bloqueio e três de saque), elogiou a equipe brasileira e ressaltou a importância do saque para a vitória.

“Hoje, o nosso time foi melhor nos momentos decisivos. Contra a Polônia, tivemos totais condições de fechar o primeiro set e não conseguimos. Hoje, conseguimos efetivar o que foi preciso nos finais dos sets. E o saque foi melhorando. Contra a Polônia já foi bom, melhorou contra o Canadá e hoje foi o melhor dia. E o saque sempre é fundamental”, destacou Lucão.

Grupo recebe elogios de Bernardinho

Após as três primeiras partidas da Liga Mundial, o técnico Bernardinho fez questão de elogiar a nova formação da seleção brasileira. Sem contar com três dos principais jogadores, Giba, Murilo e Leandro Vissotto, o treinador utilizou jovens jogadores e gostou do desempenho do grupo.

“Essa é uma composição nova, de jogadores que nunca jogaram juntos. O time de hoje foi mais regular porque tivemos parte do grupo que esteve nos Jogos Pan-Americanos. O Bruno em um bom entrosamento com o Sidão e o Lucão e isso facilitou o trabalho. Os resultados não são os que gostaríamos, mas apresentamos pontos positivos nesta primeira etapa. A postura da equipe foi 100%”, disse Bernardinho.

E o treinador espera e confia na evolução do trabalho. “Todos os jogadores tentaram muito e não conseguiram ainda os melhores resultados por uma série de limitações momentâneas e isso é importante para a base do trabalho. Ainda sentimos falta de consistência, mas algo normal no início do trabalho. Sabemos que temos que melhorar o resultados e eles estão conscientes disso, mas como um primeiro passo, foi positivo”, confirmou Bernardinho.

O JOGO

A Finlândia fez 2/0 e um bloqueio abriu o marcador brasileiro. Na sequência, Lucão fez ace, deixando o placar igual. A seleção finlandesa retomou o comando do marcador, mas, no bloqueio, Lucão deixou tudo igual: 6/6. No primeiro tempo técnico, 8/6 para o adversário do Brasil. Bruno fez ponto no saque e o Brasil se aproximou em 14/12. Os finlandeses estiveram à frente também no segundo tempo técnico (16/13). Em outro ace de Bruno, o Brasil encostou (23/22) e, no bloqueio de Sidão, empatou em 23 pontos. Mas, no final, melhor para a Finlândia: 25/23.

Bruno emplacou boa sequência de saque e o Brasil fez 5/2 no início do segundo set. Após um ataque potente de Walace, a equipe verde e amarela foi para o primeiro tempo técnico com boa vantagem: 8/4. A diferença ampliou ainda mais e, no erro do adversário, a seleção brasileira marcou 14/9. Lucão marcou mais um ponto de saque e, no bloqueio de Sidão, o Brasil fez 16/9 na segunda parada técnica. Sidão ainda bloqueou duas vezes e aumentou a vantagem brasileira para 11 pontos: 22/11. E, com Thiago Alves, o Brasil venceu o segundo set por 25/13.

A equipe comandada pelo técnico Bernardinho começou bem e abriu quatro pontos de vantagem no primeiro tempo técnico: 8/4. Lucão bloqueou e o Brasil fez 10/5. Bruno marcou dois pontos de saque e a equipe brasileira se manteve bem à frente: 14/9. E, no ataque de Maurício, chegou ao segundo tempo técnico vencendo por 16/9. A Finlândia reagiu e, em boa sequência de saque de Oivanen, encostou em 17/14. Uma diagonal curta de Wallace levou o Brasil a marcar 20/15. E, no erro de saque do adversário, a equipe verde e amarela fechou em 25/22.

A Finlândia começou melhor no quarto set e fez 4/1. Bernardinho pediu tempo. Sidão pontuou no saque e o Brasil empatou em seis pontos. Então foi a vez do técnico finalandês, Pekka Lahtinen, parar o jogo. O Brasil seguiu bem e fez 8/6 na primeira parada técnica. No bloqueio, a Finlândia empatou a partida (14/14) e foi para o segundo tempo técnico em vantagem: 16/15. No bloqueio individual, Wallace deixou tudo igual: 23/23. E com Sidão, também no bloqueio, o Brasil virou o placar. O final do set foi disputado ponto a ponto e, no fim, vitória da seleção brasileira: 31/29.

EQUIPES

BRASIL – Bruno, Wallace, Sidão, Lucão, Thiago Alves e Maurício. Líbero – Serginho

Entraram – Ricardinho, Theo e Rodrigão

Técnico: Bernardinho

FINLÂNDIA – Tervaportti, Siltala, Hietanen, Oivanen, Ojansivu e Lehtonen. Líbero – Hyvärinen

Entraram – Oivanen, Tuominen e Esko

Técnico: Pekka Lahtinen

Assessoria de Comunicação - CBV
Fonte Assessoria de Comunicação - CBV 21/05/2012 ás 9h

Compartilhe

LIGA MUNDIAL 2012: Brasil vence a Finlândia no último jogo em Toronto