Líderes afrorreligiosos debatem participação na Cúpula dos Povos, evento paralelo à Rio+20

Fonte Agência Brasil 10/05/2012 às 14h
Líderes de religiões de matriz africana estão reunidos hoje (10) na Câmara dos Vereadores do Rio de Janeiro, região central da cidade, em um debate preparatório para a 1ª Semana de Ecologia, Cultura e Cidadania dos Povos Tradicionais de Terreiro. A programação fará parte da Cúpula dos Povos, evento paralelo à Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável, a Rio+20.

A Cúpula dos Povos ocorrerá entre os dias 15 e 23 de junho no Aterro do Flamengo, zona sul da capital fluminense. São aguardados cerca de 300 líderes afrorreligiosos vindos de vários países. Durante a semana, os quase 30 mil visitantes esperados no evento poderão se conectar com pessoas do Brasil e de outras partes do mundo, por meio do projeto Terreiro Digital, resultado de uma parceria com a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj).

Os povos de terreiro vão fixar suas bases de discussões em três eixos, para depois elaborarem uma carta de orientação. O resgate da cultura tradicional e o combate à intolerância religiosa devem ser alguns dos pontos centrais da carta, segundo o dirigente da Rede Nacional de Cultura Ambiental Afro-Brasileira, Aderbal Ashogum.

“A nossa cultura religiosa é fundamentada nos elementos da natureza e no comportamento dos indivíduos. Se você é parte da natureza, não pode agredi-la. Tentamos dizer para as pessoas que elas são parte da Terra, e como todas as coisas vão sofrer um processo de degradação”, destacou.

Durante a 1ª Semana de Ecologia, Cultura e Cidadania dos Povos Tradicionais de Terreiros, líderes ligados às matrizes africanas serão capacitadas para demonstrar a necessidade de políticas públicas para esse segmento.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 10/05/2012 ás 14h

Compartilhe

Líderes afrorreligiosos debatem participação na Cúpula dos Povos, evento paralelo à Rio+20