Licenciada para vender fita de detecção de formol está incubada na UnB

Fonte Núcleo de Pesquisa em Desenvolvimento e Comunicação (NPDC) e do Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico (CDT) 04/08/2014 às 20h
Ex-alunos da universidade usaram conhecimento adquirido na academia para beneficiar a sociedade.

Materiais, combustíveis e fontes renováveis. Assim surge a Macofren Tecnologias Químicas, com a missão de criar soluções para o desenvolvimento do mercado de combustíveis, indústria química de materiais e agricultura. A empresa foi fundada em 2013, por alunos de pós-graduação do Laboratório de Materiais e Combustíveis da Universidade de Brasília, e nasceu da necessidade de se fazer com que as inovações desenvolvidas nas universidades alcancem a sociedade.

Hoje, a Macofren desenvolve tecnologias acessíveis, sustentáveis e de baixo custo, que trazem melhor qualidade de vida, além de explorar o mercado tradicional de análises químicas. A empresa oferece produtos e serviços inovadores nestes três segmentos, tais como análises de combustíveis e consultoria científica, kits para determinação de formol e metanol, análise de solo e agricultura de precisão.

Seus principais produtos são a Fita ZER0-F, que serve para detectar de modo rápido e fácil a presença de formol no leite, produtos de beleza e higiene, entre outros; e o kit METAN-OHL, análise desenvolvida para a detecção de metanol em etanol combustível ou gasolina no local de sua comercialização. A tecnologia envolvida na obtenção destes produtos foi desenvolvida pelos pesquisadores da Universidade de Brasília, Paulo Anselmo Ziani Suarez e Guilherme Bandeira Cândido Martins, e licenciada para a Macofren.

O teste da fita consiste em um papel que quando entra em contato com a amostra, gera uma cor, indicando a presença ou ausência de formol. Na presença de formol é gerada uma cor violeta intensa, que varia de acordo com a concentração do mesmo na amostra. Já o kit metanol consiste em equipamentos de fácil manuseio, dispensando mão de obra especializada em sua execução e o resultado da análise sai em aproximadamente 15 minutos.

A Macofren está incubada no Hotel de Empreendimentos do Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Universidade de Brasília (CDT/UnB) onde recebe apoio, infraestrutura e assessoria para analisar a viabilidade econômica e mercadológica de seus produtos, processos e serviços. No CDT, os empreendedores são inseridos num ambiente propício para o desenvolvimento da empresa, suporte e consultoria em áreas estratégicas, capacitação e diversas oportunidades.

Núcleo de Pesquisa em Desenvolvimento e Comunicação (NPDC) e do Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico (CDT)
Fonte Núcleo de Pesquisa em Desenvolvimento e Comunicação (NPDC) e do Centro de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico (CDT) 04/08/2014 ás 20h

Compartilhe

Licenciada para vender fita de detecção de formol está incubada na UnB