Justiça intimará 30 pessoas a depor sobre arsenal em Montevidéu

Fonte Ansa Flash. 19/11/2009 às 0h
A Justiça uruguaia convocará cerca de 30 pessoas para depor na semana que vem sobre a descoberta de um arsenal de mais de 700 armas, encontrado recentemente na capital do país.

Segundo o jornal Ultimas Notícias, o juiz Carlos Díaz enviará uma intimação ao grupo, que inclui militares e civis, para a prestação de esclarecimentos sobre o local onde foram encontradas as armas, junto a granadas e munições para metralhadoras e fuzis FAL.

O caso repercutiu no país após o ex-presidente Jorge Batlle (2000-2005) vincular o arsenal ao dirigente tupamaro Julio Marenales, defensor da candidatura presidencial do também ex-guerrilheiro tupamaro José Mujica, da coalizão governista Frente Ampla.

A legenda de Mujica nega qualquer ligação com o estabelecimento e acusa a oposição de realizar uma "campanha suja".

A descoberta das armas aconteceu há menos de um mês, quando o Corpo de Bombeiros tentava apagar um incêndio em uma residência no bairro de Aires Puros, na parte norte de Montevidéu, e encontrou o material.

Posteriormente, a polícia foi chamada e deteve o proprietário do imóvel, identificado como Saul Feldman, que tentou fugir. Nessa tentativa, Feldman, um contador de 64 anos, matou o policial Mario Morena, de 32 anos, e feriu outros dois, antes de ser morto em um confronto com outros agentes.

De acordo com o jornal Ultimas Noticias, a Justiça vai investigar a morte de Feldman, suas contas bancárias e se ele já foi investigado ou detido no exterior. Para estes processos, as autoridades avaliam solicitar ajuda dos Estados Unidos.

A publicação informou que fontes oficiais disseram que uma delegação de agentes norte-americanos, possivelmente da CIA, chegará ao país nos próximos dias.

Mujica compõe a chapa da Frente Ampla junto com o ex-ministro da Economia, Danilo Astori. O ex-guerrilheiro concorrerá à presidência com o ex-mandatário Luis Lacalle, que tem como candidato a vice Jorge Larrañaga, pelo Partido Nacional.

O pleito ocorrerá no próximo dia 29. No primeiro turno, realizado em 25 de outubro, nenhum candidato obteve o mínimo de votos necessários para se eleger. Mujica obteve a maioria simples, com 48% dos votos.
Ansa Flash.
Fonte Ansa Flash. 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Justiça intimará 30 pessoas a depor sobre arsenal em Montevidéu