Itália já contabiliza 15 mortos no terremoto desta terça-feira

Fonte Agência Brasil 29/05/2012 às 16h
O levantamento mais recente das autoridades da Itália aponta para 15 o número de mortos em consequência do terremoto de 5,8 na escala Richter, que atingiu do Norte ao Centro do país, na manhã de hoje (29). A maioria das vítimas morreu soterrada, segundo informações oficiais. Muitas estruturas de prédios antigos não resistiram aos tremores de terra.

O amistoso de futebol entre as seleções da Itália e de Luxemburgo, que estava marcado para hoje, na cidade de Parma, foi cancelado. As regiões mais afetadas estão ao redor de Modena. Por enquanto, há cinco pessoas desaparecidas nessa área. O tremor de terra, seguido de três fortes réplicas, obrigou à retirada de 5 mil pessoas de suas casas.

No Norte da Itália, há cerca de 7 mil desabrigados, que estão em 89 acampamentos de emergência que foram montados pelo governo devido ao terremoto ocorrido em 20 de maio na região. Muitos temem voltar para suas casas. A área agroindustrial da Emilia Romagna, no Norte do país, sofre com os tremores constantes de terra.

Na região, várias fábricas desabaram, soterrando operários. Alguns edifícios que estavam com suas estruturas fragilizadas pelo terremoto da semana passada, vieram abaixo. Em nove dias, desde o terremoto de Ferrara, o Norte da Itália registrou 417 réplicas.

O tremor de hoje foi sentido em todo o Centro-Norte da Itália, de Bolzano até a fronteira com a Áustria, passando por Milão e a região da Toscana, na qual vários locais foram evacuados por questões de segurança. Em Veneza, uma estátua caiu, provocando pânico entre os moradores. Na fronteira com a França foram adotadas medidas de precaução depois que moradores saíram nas ruas em pânico.

*Com informações da RFI, emissora pública de rádio da França //

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 29/05/2012 ás 16h

Compartilhe

Itália já contabiliza 15 mortos no terremoto desta terça-feira