Itália iniciará programa de vacinação contra a gripe A

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
O governo italiano iniciará no mês de outubro um programa de vacinação contra a gripe sazonal e a causada pelo vírus A (H1N1).

Segundo o epidemiologista Giovanni Rezza, diretor do departamento de Doenças Infecciosas do Instituto Superior de Saúde (ISS), o programa será executado em duas fases, mas ainda não há datas precisas.

"Estão previstos programas de vacinação e de serviços essenciais", garantiu Rezza, confirmando o objetivo da Itália de imunizar entre 30% e 40% da população.
 
"É um plano realista, viável e de bom senso, diante das declarações de alguns países de querer vacinar 100% da população", defendeu o epidemiologista.

Segundo Rezza, atingir 40% dos moradores da Itália "não é pouco" e "é preciso considerar o efeito indireto, suficiente para impedir o vírus de circular velozmente entre a população".

No mês passado, o ministro italiano da Saúde, Trabalho e Políticas Sociais, Maurizio Sacconi, informou que o governo pretendia vacinar 24 milhões de cidadãos contra a nova gripe a partir de novembro, e que para isto serão compradas 48 milhões de doses.

De acordo com Sacconi, a primeira fase das vacinações será dirigida aos mais vulneráveis à contaminação, como os trabalhadores hospitalares e os cidadãos com problemas de saúde, o que corresponde a 8,6 milhões de pessoas.
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Itália iniciará programa de vacinação contra a gripe A