Itália decreta luto oficial e fará funerais de Estado a soldados mortos no Afeganistão

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
O Conselho de Ministros da Itália decretou um dia de luto nacional, na próxima segunda-feira, pela morte dos seis soldados italianos vítimas do atentado de ontem no Afeganistão. Os militares terão funerais com honras de Estado.

Os corpos chegarão à Itália no domingo pela manhã e serão recebidos no aeroporto da capital pelo presidente Giorgio Napolitano, segundo anunciou hoje o ministro da Defesa, Ignazio La Russa, no final da reunião do Conselho de Ministros.

Após chegarem a Roma, serão realizadas as autópsias a pedido da Procuradoria da capital.

De acordo com um comunicado divulgado pelo governo italiano, os ministros também decidiram que no domingo e na segunda-feira as escolas e escritórios públicos farão um minuto de silêncio pelas vítimas. As bandeiras serão hasteadas a meio-pau.

"O presidente do Conselho [de Ministros, Silvio Berlusconi] participou da reunião com a lembrança e a homenagem aos soldados mortos. Todos os ministros observaram um minuto de silêncio em memória a eles", disse La Russa sobre a sessão de hoje.

Na segunda-feira acontecerão os funerais na Basílica de São Paulo, em Roma. O presidente italiano também estará presente na cerimônia.

Ontem, um ataque com um carro-bomba em Cabul deixou seis italianos mortos e quatro feridos. Policiais afegãos e civis também morreram na explosão. Com estas baixas, já são 21 os militares da Itália que perderam a vida em missão no país ocupado.
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Itália decreta luto oficial e fará funerais de Estado a soldados mortos no Afeganistão