Investimentos federais aumentam 29% nos primeiros quatro meses do ano

Fonte Agência Brasil 30/05/2012 às 16h
Depois de terem iniciado o ano em queda, os investimentos federais retomaram o ritmo de crescimento em abril. Segundo dados divulgados hoje (30) pelo Tesouro Nacional, esses gastos – que englobam obras públicas e o Programa Minha Casa, Minha Vida – somaram R$ 21,1 bilhões nos quatro primeiros meses do ano, 28,9% a mais que os R$ 16,4 bilhões desembolsados no primeiro quadrimestre de 2011.

Os números constam do resultado fiscal do Governo Central (Tesouro, Previdência Social e Banco Central) para o mês de abril e mostram que os investimentos voltaram a crescer em relação aos primeiros meses do ano. Em janeiro, os gastos com investimentos tinham caído 1% em relação a janeiro do ano passado. Em fevereiro, veio a recuperação. O crescimento acumulado do bimestre já somava 3,3% na comparação com o primeiro bimestre de 2011. De janeiro a março, os investimentos dispararam e registraram alta acumulada de 23,5%.

A aceleração dos investimentos também se refletiu no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que gastou R$ 11,3 bilhões de janeiro a abril, crescimento de 50% na comparação com o primeiro quadrimestre do ano passado. Nos meses anteriores, os gastos do PAC também tinham aumentado, mas em ritmo menor: 5,6% em janeiro, 19,1% no acumulado até fevereiro e 46,9% no acumulado até março.

Mesmo com a expansão nos últimos dois meses, os investimentos federais estão crescendo menos que em 2011. De acordo com o Tesouro Nacional, nos quatro primeiros meses do ano passado, esses gastos tinham registrado expansão de 29,4%.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 30/05/2012 ás 16h

Compartilhe

Investimentos federais aumentam 29% nos primeiros quatro meses do ano