Instituto TIM lança plataforma cultural em São Paulo

Fonte ANSA 05/08/2014 às 21h
Ferramenta funciona de maneira colaborativa e gratuita.

05 Agosto, 15:16•SÃO PAULO•ZBF

(ANSA) - O Instituto TIM, junto com a Prefeitura de São Paulo e a Secretaria Municipal de Cultura, lançaram uma plataforma digital de mapeamento colaborativo e gestão cultural da capital paulista, chamada "SP Cultura". A Prefeitura e o Instituto TIM se uniram em 2013, em um esforço conjunto para dar mais qualidade à gestão cultural dos municípios e estados. O objetivo era reunir informações sobre agentes, espaços, eventos e projetos culturais por meio de uma ferramenta digital colaborativa, fornecendo ao poder público e ao cidadão uma radiografia de iniciativas culturais na cidade, com um mapa de projetos, agentes, espaços e eventos distribuídos pelo território. Dessa parceria surgiu o Mapas Culturais, um software livre com sistema de georreferenciamento que pode ser adotado gratuitamente por qualquer cidade ou estado e que, em São Paulo, leva o nome de SP CULTURA.

"Com as contribuições de agentes, grupos e programadores culturais da cidade, a plataforma Mapas Culturais será uma ferramenta estratégica para o desenvolvimento de ações territorializadas pela Secretaria Municipal de Cultura, melhorando nossa gestão e comunicação, e potencializando a efetividade das políticas públicas", disse Juca Ferreira, secretário municipal de Cultura de São Paulo.

Por meio da plataforma, o usuário poderá buscar por eventos culturais e, ao cadastrar seu perfil de agente, como artistas, gestores e produtores, incluir sua própria programação cultural, colaborando para a gestão da cultura da cidade. Da mesma forma, também fazem parte do sistema de busca os espaços culturais de São Paulo, assim como projetos, como leis de fomento, mostras convocatórias e editais publicados pela Secretaria Municipal de Cultura, além de diversas iniciativas cadastradas pelos usuários da plataforma.

"A participação do Instituto TIM no desenvolvimento da plataforma SP Cultura visa aproximar a tecnologia da gestão pública. A capital paulista foi a primeira a abraçar nosso projeto, mas o desenvolvimento com adoção de códigos abertos permite que o sistema seja adotado gratuitamente por instituições e governos e temos outras prefeituras e governos interessados", afirmou Manoel Horacio, presidente do Instituto TIM.

O evento de lançamento contou com a presença do prefeito Fernando Haddad, do secretário municipal de Cultura, Juca Ferreira, da ministra da Cultura, Marta Suplicy, além de instituições e coletivos culturais. (ANSA)
ANSA
Fonte ANSA 05/08/2014 ás 21h

Compartilhe

Instituto TIM lança plataforma cultural em São Paulo