Inflação na cidade de São Paulo inicia agosto com ligeira alta

Fonte Agência Brasil 19/11/2009 às 0h
O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), chegou a 0,35% na primeira prévia de agosto, taxa 0,02 ponto percentual superior à de julho (0,33%). Essa pequena elevação foi provocada, principalmente, pelo grupo habitação, que manteve pela segunda vez consecutiva o ritmo de alta, passando de 0,23% para 0,55%.

Em despesas pessoais, a variação foi de 0,11%, bem acima da verificada no fechamento de julho (0,01%). Os gastos com alimentação continuaram a subir, com taxa média de 0,39%, mas o resultado representa uma redução do ritmo de correções, porque, na apuração passada, o aumento havia sido de 0,90%.

Também houve inflação menor em saúde, cuja taxa passou de 0,79% para 0,65%, e em educação, que apresentou variação de 0,12% ante 0,19%. O grupo transporte permaneceu estável com 0,19%.

O único grupo a apresentar deflação foi vestuário (-0,19%). Foi a quinta queda seguida, porém, a pesquisa mostra que os preços estão em processo de recuperação, uma vez que na apuração anterior havia sido constatada uma redução mais expressiva (-0,77%).
 
Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Inflação na cidade de São Paulo inicia agosto com ligeira alta