Índice que reajusta aluguéis cai 0,46% na segunda prévia de agosto, revela a FGV

Fonte Agência Brasil 19/11/2009 às 0h
O Índice Geral de Preços-Mercado (IGP-M), índice usado pelo mercado como base para reajustar aluguéis, registrou queda de 0,46% na segunda leitura de agosto, informou hoje (21) a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

A queda foi a mais acentuada do que a registrada no mesmo período de julho, quando o indicador fechou em -0,27%. No ano, o IGP-M acumula baixa de 2,12% e, nos últimos 12 meses, a queda está em 0,81%

O Índice de Preços por Atacado (IPA), que representa 60% do indicador geral, diminuiu 0,78% na segunda medição de agosto. Na parcial de julho, a queda havia sido de 0,56%. Os preços dos produtos agropecuários caíram 1,57%, depois de baixa de 1,16% no levantamento anterior, e os dos produtos industriais declinaram 0,52%, após queda de 0,37%.

Entre os três componentes do IPA, dois registraram deflação - as matérias-primas brutas ficaram 2,27% mais baratas e os preços de bens finais caíram 0,67%. Os preços de bens intermediários, contudo, subiram 0,04%, depois de uma baixa de 0,80% no período anterior.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), responsável por 30% do IGP-M, saiu de uma elevação de 0,25% na segunda pesquisa de julho para alta de 0,10% no levantamento de agosto. Contribuíram para a desaceleração os grupos alimentação, que passou de 0,33% de alta para 0,25% de queda, e vestuário, que saiu de uma elevação de 0,71% para uma queda 0,30%. A variação dessas classes de despesas decorreu do comportamento de itens como laticínios, adoçantes, aves e ovos e roupas.

O Índice Nacional de Custos da Construção (INCC), que representa 10% do indicador geral, aumentou 0,20% na segunda prévia de agosto. Um mês antes, teve expansão de 0,33%. Os custos com materiais, equipamentos e serviços diminuíram 0,11% e com mão de obra cresceram 0,54%.

O segundo decêndio do IGP-M compreende o intervalo entre os dias 21 julho e 10 de agosto. O índice mede os gastos das pessoas com ganhos mensais até 33 salários mínimos.
Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Índice que reajusta aluguéis cai 0,46% na segunda prévia de agosto, revela a FGV