Índice de Confiança de Serviços cai 0,7%

Fonte Agência Brasil 29/05/2013 às 14h

Rio de Janeiro - Caiu 0,7% o Índice de Confiança de Serviços (ICS), divulgado hoje (29) pela Fundação Getulio Vargas (FGV). Houve redução de 120,2 pontos para 119,4 pontos, segunda queda consecutiva, segunda queda consecutiva. Entre 12 segmentos pesquisados, cinco apresentaram queda na confiança.

Entre os indicadores que compõem o ICS, a maior redução foi registrada no Índice da Situação Atual (ISA), que caiu 1,1%, ficando em 103,3 pontos – abaixo da média histórica. O Índice de Expectativa (IE-S) teve redução de 0,4%: chegou a 135,5, abaixo da média. O resultado, segundo a FGV, reflete queda da avaliação das empresas sobre o momento presente da economia.

A queda do ISA, entre abril e maio, foi influenciada pela piora na avaliação dos empresariado sobre a situação atual dos negócios. A proporção de empresas que fazem boa avaliação do momento atual passou de 26,3% para 24,7% e as que fazem avaliação ruim da situação atual aumentou de 15,1% para 15,4%. O indicador que mede o volume de demanda atual caiu 0,3%.

Já a queda do IE refletiu queda do otimismo com a tendência dos negócios. A proporção de empresas esperando dias melhores para os negócios no Brasil passou de 41,9% para 41,3%. Paralelamente, as empresas que têm expectativa de piora subiu de 5,8% para 6%. O indicador do quesito demanda prevista ficou praticamente estável, em queda de 0,1%

Na avaliação da FGV, os indicadores da Sondagem de Serviços mostram ainda “manutenção de um quadro de desempenho moderado, em decorrência da piora nas avaliações do setor”, tanto em relação ao presente, quanto em relação ao futuro.

Agência Brasil
Fonte Agência Brasil 29/05/2013 ás 14h

Compartilhe

Índice de Confiança de Serviços cai 0,7%