Inclusão produtiva dos povos tradicionais

Fonte Ascom - MMA 18/04/2013 às 17h

Inclusão produtiva dos povos tradicionais

Grupo Gestor das Ações de Apoio à Comercialização de Produtos Extrativistas analisa alterações no preço dos orgânicos
Coordenados pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA), representantes de diversos órgãos do governo federal participaram, nesta quinta-feira (18), da 11ª Reunião do Grupo Gestor das Ações de Apoio à Comercialização de Produtos Extrativistas. O objetivo do encontro foi avaliar o reajuste de preços em 13 itens e alinhar políticas e iniciativas propostas pelos integrantes do núcleo, formado por integrantes dos ministérios da Fazenda, da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário e da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

O encontro é uma agenda em curso que contribui para o processo de elaboração do Plano de Ação Nacional para o Fortalecimento do Extrativismo, com lançamento previsto para junho próximo. A medida tem o intuito de garantir a inclusão social e produtiva dos povos tradicionais espalhados por todo o território nacional. “É preciso de esforço para chegar até essas comunidades, caso contrário, a política não avança”, afirmou o secretário de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do MMA, Paulo Guilherme Cabral.

O Grupo Gestor discutiu, durante a reunião, a mudança nos valores dos compostos orgânicos adquiridos por meio do extrativismo. O aumento ocorreu no âmbito da Política de Garantia de Preço Mínimo (PGPM-Bio) e é uma forma de estimular a produção desses itens, responsável pela geração de renda em comunidades tradicionais. Entre os 13 exemplares que sofreram alterações nos preços estão o açaí, a andiroba, o pequi e a amêndoa do babaçu.
A próxima reunião do grupo será em 7 de maio. No encontro, os integrantes do Grupo Gestor deverão propor ações voltadas para as unidades de conservação federais e para os beneficiários do Bolsa Verde, programa do MMA que concede, a cada três meses, R$ 300 para famílias que moram e promovem o desenvolvimento sustentável de áreas de preservação.

Ascom - MMA
Fonte Ascom - MMA 18/04/2013 ás 17h

Compartilhe

Inclusão produtiva dos povos tradicionais