Incêndio no centro da capital chilena deixa 70 imigrantes desabrigados

Fonte Ansa Flash 19/11/2009 às 0h
Cerca de 70 peruanos e equatorianos ficaram desabrigados devido a um incêndio que na madrugada de hoje destruiu completamente uma velha residência localizada no centro da capital chilena, Santiago.

O fogo começou por volta das 2h de Brasília, aparentemente devido a uma sobrecarga elétrica. A falta de água e a grande quantidade de pessoas que viviam no local complicaram o trabalho dos voluntários de oito companhias do Corpo de Bombeiros, chamados para controlar as chamas.

"Ficamos sem nada, sem documentos. Estava dormindo e fui atacado pelas chamas. Não pudemos tirar nada, nada. Dizíamos à senhora [proprietária do local] que tinha que reparar [o sistema elétrico] e ela dizia "se quiser fique aqui, senão vá embora"", disse um dos moradores à rádio Cooperativa.

Na zona urbana de Santiago há muitas casas antigas e populares, construídas para famílias pobres e que hoje são alugadas aos imigrantes que vivem na cidade.

Os estrangeiros pagam cerca de 50.000 pesos mensais (equivalente a R$ 155,00) por um quarto com direito a um banheiro, de uso compartilhado.

Desde 2006, chegaram ao Chile 39.797 pessoas de outros países, e atualmente o número de radicados é de 324.428. Os peruanos formam a maior população estrangeira do país, com 107.557 pessoas.
Ansa Flash
Fonte Ansa Flash 19/11/2009 ás 0h

Compartilhe

Incêndio no centro da capital chilena deixa 70 imigrantes desabrigados