INB debate com população projeto para explorar urânio e fosfato

Fonte Ascom da INB 23/03/2013 às 10h
O presidente das Indústrias Nucleares do Brasil (INB/MCTI), Alfredo Tranjan Filho, e o gerente da Galvani, Ronaldo Galvani Junior, apresentaram a lideranças locais de Santa Quitéria (CE), no domingo (17), o projeto que visa explorar uma reserva mineral de urânio e fosfato localizada naquele município. As duas empresas formam o Consórcio Santa Quitéria, responsável pelo empreendimento.

 

"Nós estamos aqui para transmitir informações sobre o projeto e esclarecer dúvidas da população em torno das atividades que serão desenvolvidas. Porque é assim, debatendo cada questão, que vamos construindo as bases de um relacionamento entre o consórcio e a população desta região”, afirmou o presidente Tranjan Filho.

Galvani Junior ressaltou a importância de participar de encontros como esse. “Acreditamos que diálogo e transparência são fundamentais para a construção de relacionamentos duradouros em que haja confiança e ganhos para todas as partes. Temos a confiança de que este empreendimento irá impulsionar o desenvolvimento local de forma sustentável, isto é, respeitando aspectos ambientais, econômicos e sociais.”

A reunião, promovida pelo padre João Batista Nery, fez parte da programação oficial da visita do bispo de Sobral, dom Odelir José Magri. "Convidei o consórcio para que as pessoas pudessem entender exatamente o que é o empreendimento e qual o impacto que ele terá na vida delas", explicou o pároco de Santa Quitéria. O bispo dom Odelir aprovou a iniciativa. "A Igreja está inserida no contexto de vida das pessoas”, disse. “É preciso que ela esteja presente não só nas questões religiosas. Vamos conhecer juntos as questões que fazem parte da vida de nossos filhos e filhas."

Empreendimento

Durante quase três horas, autoridades municipais, empresários, representantes de sindicatos e de organizações não governamentais (ONGs) debateram os diversos aspectos do empreendimento, que produzirá em sua primeira fase 1.200 toneladas de concentrado de urânio, 270 mil toneladas de fertilizantes e 200 mil toneladas de alimento para animais.

A expectativa é que sejam gerados 1.800 empregos diretos durante as obras de implantação. Com o início das operações, esse número deve chegar a 3 mil, entre empregos diretos, indiretos e associados. O Consórcio Santa Quitéria trabalhará no sentido de capacitar a mão de obra local. A previsão de investimento no empreendimento é da ordem de e R$ 750 milhões.

 

 

Ascom da INB
Fonte Ascom da INB 23/03/2013 ás 10h

Compartilhe

INB debate com população projeto para explorar urânio e fosfato