Ibama atua em fiscalização nos rios de Goiás

Fonte Ascom Ibama/GO 04/04/2013 às 10h

Goiânia  - Durante a Semana Santa (de 26 a 31 de março) a superintendência do Ibama em Goiás e a Secretaria de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) realizaram ações de fiscalização e monitoramento nos rios Araguaia, Paranaíba, São Marcos e Tocantins, além de seus afluentes. A Operação denominada Águas de Março teve objetivo de fiscalizar as áreas de preservação permanente nas margens dos rios, a caça e, principalmente, a pesca predatória.

 

Foram lavrados 48 autos de infração, totalizando mais de 210 mil reais em multas, 2 áreas de preservação permanente embargadas, que somadas abrangem 37 hectares. Ainda foram apreendidos animais e pescado, uma arma de caça, motor de popa e vários petrechos de pesca.

O nome da operação é uma homenagem a canção de Tom Jobim e ao Dia Mundial das Águas comemorado dia 22 de março. Essa colaboração entre Ibama, Semarh e Instituto Chico Mendes (ICMBio) reforça o tema desse ano do dia da água que é Cooperação pela Água.

Ao todo foram envolvidos 9 agentes ambientais do Ibama, 18 fiscais da Semarh, 16 pessoas de apoio, 1 analista ambiental do ICMBio, 11 viaturas e 5 barcos. Policiais civis e militares apoiaram as ações de fiscalização.

As infrações ambientais cometidas foram por destruir área de preservação permanente, pescar sem licença de pesca, peixes fora do tamanho, quantidade superior ao autorizado (5 kg + 1 peixe), transporte de pescado e animais sem licença.

No Araguaia, foi dada especial atenção à área da Reserva Extrativista Lago do Cedro, unidade de conservação federal localizada em Aruanã-GO, administrada pelo ICMBio. Também foram instalados postos de controle nas rodovias que dão acesso ao rio.

Ascom Ibama/GO
Fonte Ascom Ibama/GO 04/04/2013 ás 10h

Compartilhe

Ibama atua em fiscalização nos rios de Goiás